Entenda o que é o K Forte e quais os seus benefícios para a agricultura

Entenda o que é o K Forte® e quais benefícios o fertilizante proporciona para a agricultura

O uso de fertilizantes de potássio é indispensável na agricultura moderna, já que esse nutriente é um dos mais consumidos pelas plantas. Mas, como existem diversas fontes de potássio disponíveis para o agricultor, qual ele deve escolher?  O K Forte® é um fertilizante que fornece potássio e outros nutrientes, com muito mais vantagens e melhor custo-benefício. Entenda agora o que é o K Forte® e quais são esses benefícios.

A importância de escolher bem a fonte de potássio

O potássio faz parte de um grupo conhecido como macronutrientes, por causa das quantidades em que eles são absorvidos durante o ciclo de vida das plantas e também por causa das suas funções nesse ciclo.

A reposição desses nutrientes para o solo é fundamental na hora de pensar o manejo nutricional da lavoura. No caso do potássio, um fato que chama a atenção é que a maior parte dos solos brasileiros tem baixa disponibilidade do nutriente. É o que ressalta o estudo Aspectos relacionados ao mapeamento da disponibilidade de potássio nos solos do Brasil, da Embrapa.

Essa reposição de potássio é feita através dos fertilizantes. Mas, dentre todos os fertilizantes de potássio que existem no mercado, qual o agricultor deve escolher? Em primeiro lugar, é preciso pensar nas vantagens e desvantagens que o fertilizante pode trazer para a lavoura como um todo, pensando na produção de mais alimentos com mais qualidade.

Isso inclui benefícios para o solo, para os microrganismos benéficos e um uso mais sustentável dos recursos naturais. O K Forte® é um fertilizante multinutriente, fonte de potássio, silício e magnésio, nutrientes de liberação progressiva.

Entre as vantagens do K Forte®, estão o fato dele ser livre de cloro, acidificação, lixiviação, compactação e salinidade. Isso faz com que o K Forte® torne o ambiente do solo mais saudável, preservando os microrganismos benéficos que ajudam no crescimento das plantas. Além disso, ele garante um efeito residual de seus nutrientes. Mas, o que exatamente traz todos esses benefícios?

Mais vantagens com o Siltito Glauconítico

A fonte dos benefícios do K Forte® é sua matéria-prima: o Siltito Glauconítico. Essa rocha sedimentar de cor verde é encontrada no município de São Gotardo, Minas Gerais. Além de ser rico em potássio, silício e outros nutrientes, o Siltito Glauconítico tem um alto teor de um mineral chamado glauconita.

A glauconita é utilizada nos Estados Unidos como fertilizante, continuamente, desde 1760. Graças à sua estrutura, a glauconita melhora as propriedades físicas e químicas do solo, aumentando, por exemplo, a capacidade de retenção de água e a capacidade de troca catiônica.

Assim, o K Forte® traz essas todas essas vantagens para a lavoura, a um custo competitivo e justo. Vamos conhecer melhor os benefícios do K Forte®.

K Forte® é uma fonte de potássio livre de cloro

Uma das vantagens que o uso do Siltito Glauconítico como fertilizante tem em relação às fontes convencionais de potássio, como o KCl, é o fato de ele não ter cloro na sua composição.

Fontes convencionais de potássio têm uma alta concentração de cloro. O KCl, por exemplo, é formado por 47% desse elemento

Fontes convencionais de potássio têm uma alta concentração de cloro. O KCl, por exemplo, é formado por 47% desse elemento

O cloro é um micronutriente que, quando colocado em excesso no solo, se torna altamente tóxico, prejudicando a qualidade do solo  e diminuindo a produtividade da lavoura. A alta concentração de cloro do KCl significa que uma grande quantidade desse elemento será colocada na lavoura.

Para se ter uma ideia, a pesquisadora Heide Hermary, no artigo Effects of some synthetic fertilizers on the soil ecosystem, escreve que a aplicação de 1 quilo de Cloreto de Potássio em uma área equivale a 8 litros de água sanitária sendo despejados no solo.

Além dessa alta concentração de cloro, o KCl tem um índice de salinidade altíssimo, de 116%, e ainda é suscetível a lixiviação, o que faz com que haja necessidade de parcelamento da aplicação.

Isso eventualmente causa problemas de redução da umidade do solo, aumentando a compactação e diminuindo a qualidade do microbioma, uma vez que o cloro tem um alto potencial biocida.

Como o K Forte® é feito a partir do Siltito Glauconítico, que é livre de cloro, ele não traz todos esses problemas relacionados ao excesso desse elemento. Ademais, a liberação gradual dos nutrientes do Siltito Glauconítico tem uma série de vantagens para a lavoura.

A liberação gradual e suas vantagens para a lavoura

Um dos problemas das fontes de potássio convencionais, como o KCl, é que elas são altamente solúveis em água. Isso faz com que elas sejam mais suscetíveis à lixiviação, que é quando os nutrientes se perdem para as camadas mais profundas do solo.

Já o Siltito Glauconítico tem uma liberação gradual dos seus nutrientes. Isso faz com que eles fiquem disponíveis no solo pelo tempo que as plantas precisam no seu ciclo de desenvolvimento, reduzindo a necessidade de reaplicação.

Essa liberação gradual tem a ver com a estrutura física e química da glauconita presente no Siltito Glauconítico. Os nutrientes, como o potássio, ficam adsorvidos nela graças às camadas que formam a glauconita e também graças às cargas iônicas, que se encontram carregados positivamente na natureza, como o potássio.

A estrutura física e química da glauconita mantém o potássio por mais tempo no solo

A estrutura física e química da glauconita mantém o potássio por mais tempo no solo

Posteriormente, esses nutrientes são disponibilizados para as plantas, mas de maneira mais lenta. No artigo An investigation of plant growth by the addition of glauconitic fertilizer, o Dr. Maxim Rudmin e outros pesquisadores da Tomsk Polytechnic University, na Rússia, escreveram sobre a liberação gradual dos nutrientes da glauconita:

“Isso significa que, após a colheita, a glauconita continuará tendo um efeito positivo nos rendimentos durante as próximas duas ou três estações.”

Isso beneficia culturas perenes, como o café, já que os níveis de potássio no solo são mantidos ao longo do tempo. Todavia, culturas como soja e milho, geralmente plantadas em sistema de rotação, ganham com a liberação gradual, já que não há necessidade de reaplicação entre os plantios.

Uma fonte de potássio mais vantajosa

Por causa da sua matéria-prima e das tecnologias exclusivas que a Verde tem para que os benefícios do Siltito Glauconítico possam ser melhor aproveitados, o K Forte® é uma fonte de potássio e outros nutrientes que é vantajosa para o agricultor brasileiro.

Além disso, o seu uso promove a biodiversidade do solo, melhorando a saúde do Planeta. Seus benefícios ajudam a produzir mais alimentos, que são mais nutritivos ajudando a melhorar a saúde das pessoas.