Potássio para batata: como fazer a adubação da sua lavoura?

Potássio para batata: como fazer a adubação da sua lavoura?

A cultura da batata é uma das mais exigentes em termos de demanda de fertilizantes e o potássio é o nutriente mais requerido por ela. Assim, é essencial que o agricultor realize o manejo de maneira adequada para que a lavoura possa alcançar todo o seu potencial produtivo. Descubra a importância do potássio para a cultura da batata e como fazer a adubação da lavoura!

O potássio no desenvolvimento das plantas

A batata é uma cultura com uma alta exigência nutricional, necessitando, assim, de uma elevada demanda de fertilizantes no seu cultivo.

De fato, segundo Hugo Adelande de Mesquita e outros pesquisadores, no artigo Fertilização da cultura da batata, entre as culturas comerciais do Brasil, a batata é a que mais demanda fertilizantes por hectare.

Isso não é diferente com o potássio, um dos macronutrientes necessários para que as plantas se desenvolvam.  Entre as funções gerais do potássio nas plantas, podemos citar:

  • A ativação de enzimas;
  • Síntese proteica;
  • Transporte no floema de substâncias produzidas na fotossíntese;
  • Crescimento celular;
  • Regulação do potencial hídrico das células;
  • Melhoria da qualidade de flores e frutos;
  • Amenização de estresses bióticos e abióticos.

Mas, quais são especificamente as funções e a importância do potássio na cultura batata?

As funções e a importância do potássio para a batata

Tendo em mente as funções desse nutriente para as plantas em geral, é possível concluir que o potássio desempenha um papel importante também na batata.

Isso é ainda mais evidente quando se leva em consideração que o potássio é o nutriente mais extraído pela batata durante o seu ciclo produtivo.

A maior parte desse potássio se concentra nos tubérculos: para se ter uma ideia, para a produção de uma tonelada de tubérculos de batata, são necessários de 4kg a 6,5kg de potássio. Isso é mais do que a quantidade requerida de nitrogênio, por exemplo.Quantidade de nutrientes necessária para a produção de 1 tonelada de tubérculos de batata: o potássio é o nutriente mais requerido (Fonte: FONTES, 1997 in MESQUITA et. al, 2012)

Quantidade de nutrientes necessária para a produção de 1 tonelada de tubérculos de batata: o potássio é o  nutriente mais requerido (Fonte: FONTES, 1997 in MESQUITA et. al, 2012)

O potássio está altamente ligado à qualidade da batata. Isso porque dentro dessa cultura ele tem um papel de ativador de mais de 60 enzimas, incluindo algumas que estão ligadas à produção de amido e açúcares.

Através da translocação dos fotoassimilados das folhas para os tubérculos, o potássio é essencial para a formação da fécula, um tipo de amido típico da batata. Isso melhora as propriedades culinárias da cultura, como o tamanho, o peso a coloração e o sabor.

Além disso o potássio traz melhorias na conservação dos tubérculos, tornando o valor comercial da batata maior.  Entre as outras funções do potássio na batata, podemos citar:

  • Aumento do teor de lipídeos, vitamina C e alcaloides;
  • Aumento do teor de fibras, melhorando a resistência aos danos mecânicos e ao acamamento;
  • Melhoria da resistência a doenças.

 

O potássio é muito importante na cultura da batata.

Diante disso, é preciso que a deficiência de potássio na batata seja evitada para que a lavoura seja bem sucedida. Mas, como realizar a adubação corretamente para que isso não aconteça?

Dicas para realizar a adubação da batata e evitar a deficiência de potássio

Devido à sua importância na cultura, a deficiência de potássio na batata prejudica a qualidade e a produtividade da lavoura.

Entre os sintomas mais comuns da falta de potássio no manejo nutricional da batata, está a clorose (amarelamento) das folhas, que geralmente se manifesta nas folhas mais velhas. Com a progressão da deficiência, a clorose evolui para a necrose das folhas.

A deficiência extrema também causa o acúmulo de carboidratos na planta, que não são devidamente transportados para os tubérculos. Então, como adubar adequadamente a batata com potássio?

A aplicação do potássio na cultura da batata é realizada geralmente durante o plantio da lavoura. Como o ciclo da batata é rápido, geralmente entre 90 e 110 dias, é preciso que o agricultor esteja atento a fatores como:

  • Época da aplicação do fertilizante;
  • Fonte de potássio utilizada;
  • Doses de fertilizantes utilizadas.

Hugo Adelande de Mesquita e seus colegas, ainda no artigo Fertilização da cultura da batata, destacam que a batata é considerada uma cultura altamente esgotante. Isso porque praticamente todas as partes da planta são retiradas do solo, levando consigo os nutrientes.

Assim, o agricultor precisa, mais que adubar, construir a fertilidade do solo. Para isso, não basta apenas aplicar altas quantidades de fertilizantes, já que a longo prazo isso acaba trazendo desgastes para a fertilidade do solo e, em consequência, queda na produtividade.

As fontes de potássio utilizadas são muito importantes. No caso do potássio, uma das fontes mais convencionais é o Cloreto de Potássio (KCl).

Entretanto, o alto teor de cloro (47%) e elevado índice salino (116%) desse fertilizante faz com que o excesso de aplicação traga problemas para o solo, como o aumento da salinidade e da compactação e a eliminação da microbiota benéfica do solo.

Uma das soluções para amenizar os efeitos do elevado teor de cloro e índice salino é o parcelamento das aplicações, mas isso acaba trazendo mais custos, já que é preciso mais entradas na lavoura.

Outro problema do Cloreto de Potássio é que ele é muito solúvel em água, o que o torna mais suscetível à lixiviação. Assim, em épocas muito chuvosas ou em condições de irrigação inadequadas, boa parte do potássio aplicado se perde para as camadas mais profundas do solo.

Uma alternativa é utilizar fertilizantes potássicos com baixos teores de cloro e com liberação progressiva dos nutrientes. Assim, os malefícios do excesso de cloro são evitados e as perdas por lixiviação são minimizadas, já que essas fontes de potássio são menos sujeitas a esse fenômeno.

A utilização de métodos de análise de solo adequados, juntamente com a análise foliar, também é importante para que o manejo do potássio na cultura da batata seja mais eficiente.

Entender a importância do potássio na batata e planejar o manejo são a chave para o sucesso da lavoura

Em resumo, o potássio é um dos, senão o nutriente mais importante na cultura da batata. Dessa maneira, o agricultor precisa estar muito atento à adubação potássica da lavoura para garantir os melhores resultados.

Isso inclui o conhecimento da dinâmica do potássio no desenvolvimento da cultura da batata, a utilização de fertilizantes potássicos adequados e de ferramentas para avaliar a construção da fertilidade do solo, de maneira a evitar que haja deficiência de potássio no solo.

Aliando esses conhecimentos e construindo um bom planejamento do manejo, a produtividade e a rentabilidade da lavoura de batata podem ser otimizadas!

Compartilhe esta publicação