Veja Como Cafeicultores De Todo O Brasil Melhoraram A Qualidade Da Bebida Do Café Com O Uso Do K Forte®

Veja como cafeicultores de todo o Brasil melhoraram a qualidade da bebida do café com o uso do K Forte®

O cultivo do café é altamente relevante para a agricultura do Brasil. Para se ter uma ideia, o país é o maior produtor mundial de café. Além do consumo interno, só em 2022 o Brasil exportou mais de 2 milhões de toneladas para 145 países. Para manter esse nível de produtividade e também melhorar a qualidade do café que é cultivado no Brasil, é essencial a realização de um bom manejo agrícola. Isso inclui o uso de fertilizantes eficientes e com mais vantagens. Veja o que diversos cafeicultores de todo o Brasil contam sobre como o Forte®, fertilizante multinutriente da Verde Agritech, ajudou a melhorar o manejo e a qualidade da bebida do café!

O K Forte® é um fertilizante eficiente e que ajuda a melhorar a qualidade da bebida do café

Na cafeicultura, a busca pela melhoria em parâmetros como a produtividade e da qualidade da bebida do café é muito importante para que esse cultivo seja sempre mais rentável. Nesse sentido, o manejo nutricional pode fazer toda diferença para alcançar esses objetivos.

Um dos nutrientes mais importantes para o café é o potássio. De fato, ele é o segundo nutriente mais requerido por esse cultivo, com essa exigência intensificada na fase reprodutiva do cafeeiro. Assim, é importante que o manejo seja cuidadoso com as fontes de potássio utilizadas.

Vale lembrar que os fertilizantes são as principais fontes de nutrientes utilizadas na agricultura e, nesse contexto, o K Forte® é um fertilizante produzido pela Verde Agritech que é eficiente na nutrição das plantas com potássio.

É o que afirma Felipe Santinato, Engenheiro Agrônomo que atua como consultor e pesquisador na Santinato & Santinato Cafés, empresa de pesquisa e consultoria especializada no cultivo do café que ele abriu juntamente que com o pai, o Dr. Roberto Santinato:

“E aí a gente chegou, depois de alguns anos, numa conclusão. São sete anos que a gente está trabalhando com isso (K Forte®), que vale muito a pena utilizar. Ele (o K Forte®) fornece o potássio!”

Entre as principais funções do potássio no café, está a sua influência na formação e na qualidade dos grãos. Além disso, ele também tem influência na qualidade da bebida do café, parâmetro que agrega valor ao cultivo do café.

Bruno Souza é um cafeicultor de sucesso e que entende e se preocupa com a qualidade da bebida do café. Isso porque, além de ser o primeiro QGrader do Brasil, ele é fundador da  Academia do Café.

Ele relata que o uso do K Forte® no manejo da sua lavoura de café em Campos Altos, município de Minas Gerais, ajudou a melhorar a qualidade da bebida do café. Além disso, Bruno destaca que uma das grandes vantagens do K Forte® é que ele é um fertilizante livre de cloro:

“E talvez uma das coisas que me atraiu na Verde Agritech foi exatamente essa possibilidade de melhorar a qualdiade da bebida em função da forma como a Verde Agritech me oferece potássio, que não tem cloro. E, assim, a gente está tentando eliminar o máximo […] porque a qualidade do meu café só tende a melhorar quando eu deixo de usar o cloro, né?”

O excesso de cloro no agroecossistema prejudica a saúde do solo e das plantas. Além disso, existem estudos que indicam que isso também afeta a atividade da polifenoloxidase, uma enzima que está diretamente relacionada à qualidade da bebdia do café.

Bruno Souza ainda ressalta o fato de que o K Forte® é multinutriente, sendo fonte de magnésio, manganês, um macronutriente secundário e um micronutrinete, respectivamente. Além disso, ele fornece para as plantas o silício, elemento benéfico que ajuda na indução da resistência das plantas contra estresses bióticos e abióticos.

Outro agricultor sucesso que relatou melhoria na qualidade da bebida do café com a implementação do K Forte® no manejo nutricional do café é Dejair Leonel de Paula. Ele, que é de Itamogi, Minas Gerais, tem mais 60 anos de experiência na agricultura e começou a utilizar o fertilizante multinutriente da Verde Agritech em 2018, com ótimos resultados:

“A nossa bebida de café do ano passado foio excelente! Nós chegamos aí a ter lotes de café de até 86 pontos de pontuação na bebida. Então, assim, nossas bebidas de café aqui eram na faixa de 78 ou 79, não passava de 80. Agora, a gente está conseguindo aí de 83 pra cima!”

Cláudio Ottoni, cuja trabalha com a cafeicultura no município de Rio Paranaíba, Minas Gerais, há mais de 35 anos, também relata que o uso do K Forte® no manejo trouxe melhorias na qualidade da bebida. Além disso, ele também conta que o fato de ser livre de cloro contribuiu para a saúde biológica do solo:

“A lavoura está muito bonita, muito resistente. E sempre matéria orgânica e atividade biológica no solo. Você tirando o cloro que tem no caso do cloreto de potássio,você aumenta imensamente a atividade biológica do solo.”

Por fim, Gustavo Peron, agricultor de sucesso da Serra do Salitre, região do Cerrado Mineiro, fala sobre a versatilidade do K Forte® no manejo agrícola:

“O que mais foi atrativo na Verde Agritech e nos produtos da Verde foi o custo-benefício e também a versatilidade do produto. Ele, combinado com matéria orgânica caiu muito bem no nosso manejo e para o café, hoje, é um produto essencial!”

O K Forte® conta com tecnologias exclusivas e inovadoras para ser uma solução nutricional eficiente

O diferencial do K Forte® que faz com que ele seja uma solução nutricional eficiente para o manejo agrícola, são as diversas tecnologias inovadoras e exclusivas com as quais ele conta. Para desenvolvê-las, a Verde Agritech realizou anos de estudos, em conjunto com instituições de pesquisa renomadas.

Entre essas tecnologias, podemos citar a Cambridge Tech. Com ela, a estrutura dos fertilizantes da Verde Agritech pode ser alterada, através meio da ativação mecânica. Graças a isso o potássio e os demais nutrientes do K Forte® podem ser disponibilizados de maneira gradual.

Essa característica tem muitas vantagens para o manejo, como por exemplo o fato de que ela faz com que as plantas tenham acesso aos nutrientes ao longo de todo o ciclo produtivo. Isso otimiza o manejo e ajudando construção e na manutenção da fertilidade do solo.

Além disso, a disponibilização gradual também gera um efeito residual duradouro no solo, mantendo-o fértil por mais tempo. Dessa maneira, o investimento do agricultor é valorizado.

Vale ainda destacar que a eficiência das tecnologias desenvolvidas pela Verde Agritech é balizada por mais de 15 anos de testes agronômicos bem-sucedidos. Felipe Santinato inclusive menciona esse fato, ressaltando aspectos positivos disso:

“Então, tem uma rede de experimentos, não só nossa, outros fizeram também. Ele (o K Forte®) fornece o ptoássio, ele melhora a estrutura do solo. É um fornecimento gradual. Ele é finamente moído, então ele agrega bem ali ao solo, disponibiliza. E vimos aí grandes respostas!”

Outra tecnologia exclusiva e inovadora da Verde Agritech que vale destacar é a Bio Revolution, que permite que os fertilizantes minerais podem aditivados com microrganismos benéficos. É graças a ela que o K Forte® é o primeiro fertilizante mineral da Terra com essa característica, sendo aditivado com o consagrado Bacillus aryabhattai.

Vale notar que o potencial da microbiota do solo para melhorar o manejo e otimizar a agricultura tem ganhado cada vez mais destaque no setor, com o uso de bioinsumos e biofertilizantes aumentando no Brasil.

Isso por causa dos diverso benefícios dos microrganismos para o manejo agrícola. O Bacillus aryabhattai, por exemplo, atua na promoção do crescimento das plantas, na indução da resistência aos estresses bióticos e abióticos e até na biorremediação do solo.

E, como o K Forte® é livre de cloro, ele potencialize isso o uso de biológicos na agricultura, já que o excesso de cloro é prejudicial à microbiota do solo.

Essas são apenas algumas das tecnologias que o K Forte® e os outros fertilizantes da Verde Agritech trazem para o manejo agrícola.

O K Forte® faz da tecnologia e da inovação aliadas do agricultor,  ajudando a trazer bons resultados

Na atividade agrícola, a tecnologia e inovação são ferramentas que impulsionam o crescimento do setor, desempenhando papeis importantes na busca pela melhoria da produtividade e da qualidade.

Na cafeicultura, isso inclui a melhoria de parâmetros como a qualidade da bebida do café. Essas melhorias, por sua vez, ajudam o agricultor a ter mais rentabilidade.

É por isso que a Verde Agritech trabalha para trazer essa inovação e essa tecnologia para o manejo agrícola, que estão incorporadas  nos seus fertilizantes. Por isso, agricultores de sucesso de todo o Brasil recomendam os produtos da Verde Agritech, como os agricultores que utilizaram o K Forte® no cultivo do café e melhoraram o manejo agrícola!

Para mais informações sobre o K Forte® e como comprar, acesse o link: K Forte®

Leia outras histórias de sucesso de agricultores que utilizam os fertilizantes da Verde Agritech: Veja o que os agricultores que utilizam o K Forte® e o BAKS® têm a dizer sobre esses fertilizantes inovadores e eficientes

Veja os depoimentos de agricultores satisfeitos com os fertilizantes da Verde Agritech também no YouTube: A voz dos agricultores brasileiros

Compartilhe esta publicação