Como O Crescimento Do Uso De Biofertilizantes No Brasil Favorece A Agricultura?

Como o crescimento do uso de biofertilizantes no Brasil favorece a agricultura?

A preocupação com a sustentabilidade no manejo agrícola e com a produção de alimentos de qualidade tem crescido mundialmente e, no Brasil, tem se tornado cada vez mais relevante. Nesse contexto, o uso de biofertilizantes tem sido uma alternativa eficiente e sustentável para a atividade agrícola. Entenda mais sobre o que é um bio fertilizante, as principais vantagens de sua utilização e como ele pode beneficiar a agricultura brasileira.

O crescimento do uso de biofertilizantes no Brasil

Os biofertilizantes resultam de um processo chamado de fermentação controlada, que gera uma cultura de microrganismos benéficos capazes de enriquecer o solo e as plantas.

Entre os microrganismos utilizados nesse tipo de insumo, estão bactérias, fungos e leveduras, que, quando utilizados junto com as sementes ou no solo, promovem o crescimento das plantas, melhoram a saúde do solo e reduzem a dependência de fertilizantes sintéticos. A adoção desses biofertilizantes e de outros tipos de manejos biológicos tem crescido cada vez mais no Brasil.

De acordo com Mikael Djanian, sócio da empresa de consultoria McKinsey & Company, em entrevista ao portal Valor Econômico, o mercado brasileiro de biofertilizantes teve um crescimento anual de aproximadamente 20% nos últimos anos. Ele estima ainda que para os próximos anos o crescimento deve ficar em torno de 10% ao ano.

Isso se reflete nos resultados da última pesquisa Global Farmer Insights, realizada pela McKinsey, que mostraram que 32% dos agricultores brasileiros já utilizam biofertilizantes, enquanto outros 6% pretendem utilizar esses insumos. Além disso, 55% dos agricultores do Brasil já recorrem ao controle biológico no manejo das lavouras.

A utilização dessas soluções orgânicas agrega uma série de benefícios à agricultura, proporcionando uma maior qualidade aos produtos e reduzindo o impacto ambiental, entre outros. Quando se fala de bio fertilizantes, existem dois tipos principais desse insumo:

  • O líquido, que se assemelha a um chá concentrado e é utilizado em pulverizações nas folhas;
  • O sólido, que é aplicado ao solo, muitas vezes juntamente com os fertilizantes tradicionais.

Mas, quais são as vantagens do uso de biofertilizantes na agricultura? 

As vantagens de utilizar biofertilizantes no manejo agrícola

O uso de biofertilizantes tem diversas vantagens para o manejo agrícola. Entre elas podemos destacar:

Aumento da produtividade

Como têm em sua composição elementos que complementam a nutrição das plantas, os biofertilizantes aumentam a eficácia dos nutrientes já presentes no solo, o que reflete em um maior rendimento em termos de produção.

– Redução de custos

Os biofertilizantes são produzidos a partir de fontes renováveis e muitas vezes já existem em grande quantidade no ambiente. Isso torna seu custo de produção muitas vezes inferior que o dos fertilizantes químicos.

– Ecologicamente mais viáveis

Além de complementarem a ação dos fertilizantes químicos, os biofertilizantes possuem em sua composição elementos que auxiliam na absorção desses nutrientes pelas plantas, reduzindo a quantidade desses insumos que precisam ser aplicados.

– Melhoria na qualidade dos alimentos

O uso de biofertilizantes ajuda a desenvolver plantas mais saudáveis, o que se reflete nos alimentos produzidos. Esses produtos têm maior qualidade, além de serem mais saudáveis e nutritivos.

Como toda nova tecnologia agrícola, o uso de bio fertilizantes também tem seus desafios. Um dos mais comuns é a maneira de escolher aqueles que são mais eficientes para cada tipo de cultura.

Para isso, é preciso avaliar com atenção as opções disponíveis no mercado, considerando características como fonte dos componentes, maturação, concentração de nutrientes, composição e facilidade de utilização.

Outros pontos que podem ser levados em conta são a experiência do produtor, a disponibilidade dos materiais e a reputação dos fornecedores. É de suma importância pesquisar a procedência e qualidade do produto antes da compra.

Por isso, é importante escolher fertilizantes e biofertilizantes de qualidade para a utilização no manejo agrícola. 

O uso de fertilizantes eficientes e de qualidade é essencial

A utilização de fertilizantes e outros insumos que melhorem a qualidade do solo e sejam eficientes na nutrição agrícola é essencial para o sucesso do manejo agrícola. É o caso, por exemplo do K Forte® e do BAKS®, fertilizantes da Verde Agritech.

O K Forte® e do BAKS® contam com tecnologias exclusivas e inovadoras, que foram desenvolvidas pela Verde Agritech ao longo de anos de estudo, juntamente com instituições de pesquisa renomadas.

Essas tecnologias permitem que eles favoreçam a saúde da microbiota do solo, otimizando o uso de manejos biológicos na lavoura. Além disso, a Verde desenvolveu a exclusiva tecnologia Bio Revolution, que permite que os seus fertilizantes sejam aditivados com microrganismos benéficos.

Graças à Bio Revolution, o K Forte® é o primeiro fertilizante mineral da Terra aditivado com microrganismos. O primeiro desses pequenos seres utilizados para otimizar o K Forte® é o consagrado Bacillus aryabhattai, que, entre seus diversos benefícios para as plantas, ajuda por exemplo na promoção do crescimento das plantas e na indução da resistência contra estresses hídricos.

A Bio Revolution é uma tecnologia exclusiva que permite aditivar os fertilizantes da Verde Agritech com microrganimos

Além disso, outra vantagem do K Forte® e o BAKS® é que eles são multinutrientes, fornecendo potássio e outros nutrientes essenciais, além do silício, que é um elemento benéfico para as plantas.

Isso de maneira gradual e com um efeito residual duradouro, o que ajuda a construir e manter a fertilidade do solo, otimizando o manejo e valorizando o investimento do agricultor.

Assim, utilizar biofertilizantes e outros tipos de manejo biológico ajuda a tornar o manejo mais eficiente. Todavia é importante utilizar fertilizantes que sejam de qualidade e que tragam vantagens para lavoura.

O uso de biofertilizantes está em crescimento e é importante que o agricultor esteja atento para escolher aqueles que são mais eficazes e que tragam mais benefícios

Em síntese, o uso de biofertilizantes e também de outros tipos de manejo biológico está se crescendo cada vez mais no Brasil.

A inclusão desses insumos pode trazer diversos benefícios para a agricultura brasileira, permitindo uma produção mais sustentável e eficiente, além de uma redução do impacto ambiental causado pelos insumos químicos.

Todavia, é fundamental que os agricultores estejam atentos para a escolha e aplicação desses insumos, utilizando fertilizantes de qualidade e com tecnologias que beneficiem o manejo, por exemplo. Assim, a agricultura pode produzir alimentos com mais qualidade, mais rentabilidade e sustentabilidade.

Compartilhe esta publicação