Entenda Como Condições Da Agricultura Tropical Afetam O Fator De Eficiência Do Nitrogênio

Entenda como condições da agricultura tropical afetam o fator de eficiência do nitrogênio

Atualizado em::

Uma das etapas fundamentais para o sucesso da atividade agrícola é o manejo nutricional. Isso inclui o do nitrogênio, que é altamente requerido pelas culturas agrícolas. Nesse âmbito, o fator de eficiência do nitrogênio é um parâmetro importante. Mas, o que é isso e como as condições tropicais do clima brasileiro influenciam no fator de eficiência do nitrogênio? Entenda melhor esse assunto!

O que é o fator de eficiência do nitrogênio?

Assim como os seres humanos, as plantas precisam de variados nutrientes para crescer e se desenvolver. E o nitrogênio figura entre os mais relevantes, normalmente sendo o mais requerido pelas culturas agrícolas.

A razão disso são as diversas funções que ele exerce no metabolismo e na fisiologia vegetal, normalmente relacionada composição de enzimas e proteínas, bem como outros processos.

Nesse sentido, na hora de pensar o manejo nutricional, é importante considerar o fator  de eficiência do nitrogênio. Mas, antes disso, o que é esse fator de eficiência dos nutrientes?

Esse importante parâmetro faz referência à capacidade das plantas em absorver nutrientes disponíveis no solo e utilizá-los no crescimento e desenvolvimento.

É o que apontam estudos da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO).

Cada nutriente requerido pelas plantas tem um fator de eficiência próprio. Mas, qual é o fator de eficiência do nitrogênio?

Segundo Eurípedes Malavolta, um dos mais importantes pesquisadores agrícolas do Brasil, e outros pesquisadores que, o fator de eficiência do nitrogênio (N) fica aproximadamente entre 50% e 70%.

É o que eles escrevem no estudo Avaliação do estado nutricional das plantas, princípios e aplicações.

Entre os fatores que impactam a o fator de eficiência do nitrogênio na agricultura, estão:

Além disso, outros fatores como a imobilização biológica de nitrogênio, a fixação de amônio e o impacto da absorção de nitrato versus amônio podem influenciar esse parâmetro.

É o que escreve o pesquisador Franz Wiesler, no artigo Comparative assessment of the efficacy of various nitrogen fertilizers.

No entanto A agricultura tropical e a agricultura de regiões temperadas apresentam características distintas que influenciam diretamente o fator de eficiência do nitrogênio. Mas, como isso acontece?

Aspectos que influenciam o fator de eficiência do nitrogênio

As condições climáticas influenciam diretamente na forma como as práticas agrícolas são realizadas e também em fatores como a eficiência dos nutrientes.

Enquanto as condições climáticas das regiões temperadas são mais previsíveis e estáveis, as áreas tropicais enfrentam desafios como chuvas intensas e altas temperaturas, que impactam na eficiência dos fertilizantes nitrogenados.

Na agricultura temperada, a eficiência dos fertilizantes nitrogenados pode ser melhor controlada devido à menor variação climática.

As temperaturas moderadas e as chuvas distribuídas ao longo do ano ajudam a reduzir a volatilização e a lixiviação do nitrogênio, contribuindo para uma absorção mais eficiente pelas plantas.

Por outro lado, na agricultura tropical, a alta intensidade das chuvas pode gerar uma maior lixiviação do nitrogênio, enquanto as elevadas temperaturas aceleram a volatilização do nutriente.

Essas condições resultam em uma menor eficiência dos fertilizantes nitrogenados, exigindo maior quantidade desse recurso para atender às necessidades das plantas.

Além disso, os solos tropicais, muitas vezes ácidos e de baixa fertilidade, podem ainda dificultar a fixação do nitrogênio.

As Condições Da Agricultura Tropical Podem Afetar O Fator De Eficiência Do Nitrogênio De Fertilizantes Pensados Para Climas Temperados

As condições da agricultura tropical podem afetar o fator de eficiência do nitrogênio de fertilizantes pensados para climas temperados (Fonte: adaptado de Malavolta, 1997)

E vale lembrar que o Brasil é um país que se encontra numa região de clima mais tropical. Mas, então, como lidar com esse tipo de situação e evitar a perda do fator de eficiência do nitrogênio?

Como otimizar o fator de eficiência do nitrogênio na agricultura tropical?

Para contornar os impactos negativos no fator de eficiência do nitrogênio na agricultura tropical, algumas soluções podem ser adotadas pelos agricultores.

Isso inclui a adoção de tecnologias de agricultura de precisão pode otimizar a aplicação de fertilizantes, garantindo que a quantidade correta de nitrogênio seja fornecida na hora certa, minimizando desperdícios e aumentando a eficiência.

Além disso, implementar sistemas de irrigação eficientes também ajuda a regular melhor a disponibilização de nitrogênio às plantas, evitando a perda excessiva pelo escoamento superficial.

Outra ação de destaque é a trabalhar com a chamada Agricultura Tropical, que foi desenvolvida a partir dos esforços de figuras como o Dr. Alysson Paolinelli. Em resumo, ela visa a implementação de práticas que sejam mais adequadas ao clima tropical.

Uma dessas práticas é a utilização de fertilizantes que sejam mais eficazes na disponibilização do nitrogênio e de outros nutrientes quando se pensa no contexto agrícola brasileiro.

Além disso, quando esses fertilizantes possuem características mais vantajosas, a melhoria do fator de eficiência do nitrogênio no manejo pode ser ainda maior.

E a  Verde Agritech, empresa de tecnologia agrícola, produz de Agritech, empresa de tecnologia agrícola, produz fertilizantes assim. É o caso do KFORTE®, do BAKS®, do MONDÉ® e do YBA®, entre outros.

Os fertilizantes da Verde Agritech  são soluções de nutrição eficientes graças a características vantajosas, como serem multinutrientes.

Além do potássio, macronutriente altamente requerido pelas plantas eles são fonte de outros nutrientes muito importantes para a agricultura. Isso inclui também o nitrogênio, que está presente em fertilizantes como o YBA®.

Vale destacar que eles também são fonte de silício, um elemento benéfico que favorece o manejo ao induzir a resistência das plantas a estresses bióticos e abióticos.

Aqui, vale lembrar que cada um dos fertilizantes da Verde Agritech é pensado para atender as necessidades do agricultor em diferentes contextos. Isso com eficiência e mais benefícios para o manejo.

Além de serem multinutrientes, os fertilizantes da Verde Agritech contam com tecnologias exclusivas e inovadoras, que otimizam o manejo.

Uma delas, inclusive, está diretamente ligada à melhoria do fator de eficiência do nitrogênio. É a N Keeper.

Graças a essa tecnologia, a adubação nitrogenada é favorecida. Isso porque ela ajuda a diminuir a perda desse nutriente pelos processos de volatilização ou lixiviação.

A N Keeper ajuda a otimizar o fator de eficiência do nitrogênio

Outras tecnologias com as quais os fertilizantes da Verde Agritech contam possibilitam disponibilização gradual de nutrientes deles o manejo, o que ajuda a diminuir impactos da lixiviação, por exemplo.

Além disso, essa característica traz efeito residual duradouro, favorecendo assim a construção e a manutenção da fertilidade do solo. Assim, o investimento do agricultor é valorizado.

Vale notar ainda que os fertilizantes da Verde Agritech contam ainda com diversas outras tecnologias, como a 3D Alliance, a MicroS Technology, a Dust Control e várias outras que ajudam a melhorar o fator de eficiência dos nutrientes.

Vale destacar ainda que os fertilizantes da Verde Agritech também são livres de cloro, cujo excesso no solo pode aumentar a lixiviação de nutrientes, entre outros fatores prejudiciais para o agroecosssitema.

Dessa maneira, fornecendo nutrientes de maneira adequada, incluindo o nitrogênio, e trazendo mais vantagens, os fertilizantes da Verde Agritech conseguem otimizar o manejo.

Isso considerando também o contexto da agricultura tropical na qual a produção agrícola do Brasil se encontra.

Boas práticas agrícolas, o que inclui fertilizantes adequados, são cruciais para aprimorar o fator de eficiência do nitrogênio

Sintetizando, compreender as diferenças entre a agricultura tropical e temperada é crucial para aprimorar o fator de eficiência do nitrogênio em cada contexto.

Ao adotar práticas agrícolas adaptadas às condições locais, os agricultores podem alcançar uma gestão mais sustentável e eficiente dos recursos nitrogenados, contribuindo para uma produção agrícola mais produtiva e ambientalmente consciente.

Isso inclui o uso dos fertilizantes, que devem ser pensados para as especificidades e os desafios apresentados pela variabilidade do clima em diferentes regiões do globo. Assim, a lavoura pode produzir mais e com mais qualidade.

Compartilhe esta publicação