Verde Agritech

Agricultores brasileiros contam como o K Forte® trouxe bons resultados para diversas culturas

A nutrição potássica é essencial para o sucesso da agricultura. Isso é especialmente válido para os solos brasileiros, que, de acordo com a Embrapa, no estudo Aspectos relacionados ao mapeamento da disponibilidade de potássio nos solos do Brasil, em sua maioria têm baixa disponibilidade de potássio. Agricultores de diversos lugares do Brasil contam como o uso do K Forte® trouxe bons resultados para diferentes culturas!

K Forte®: fonte de potássio eficiente e sem cloro

O potássio é um dos nutrientes mais exigidos pelas plantas e, embora a sua ação e dinâmica dentro da fisiologia vegetal variem de espécie para espécie, de maneira geral é possível identificar que entre as funções desse importante nutriente estão:

  • A ativação enzimática;
  • A síntese proteica;
  • A fotossíntese;
  • O transporte de fotoassimilados no floema;
  • O crescimento celular;
  • A regulação do potencial hídrico das células;
  • A melhoria da qualidade de flores e frutos;
  • A amenização de estresses bióticos e abióticos.

Por isso, é muito importante que os agricultores estejam atentos aos níveis de potássio no solo, melhorando-os e repondo-os através do uso de fertilizantes. Laercio Dalla Vecchia é agricultor e produtor de soja, além de culturas como milho e feijão, e sabe dessa importância.

Vencedor do Desafio Nacional de Produtividade do Comitê Estratégico Soja Brasil (Cesb) em 2020, ele conta que passou a utilizar o K Forte® em sua propriedade em Mangueirinha, no Paraná, e conta como isso ajudou a melhorar o manejo agrícola:

“Uma das coisas que eu acho que me ajudou muito como produtor rural foi a substituição do Cloreto de Potássio por algum produto que não tem cloro na formulação. Esse ano nós já estamos com 100% das nossas áreas livres de cloro. O K Forte® entrou na maioria das nossas áreas e estamos muito felizes com o resultado.”

O Cloreto de Potássio (KCl) é uma das fontes de potássio mais utilizadas na agricultura, mas que tem em sua composição um elevado teor de cloro, de aproximadamente 47%. Esse excesso de cloro traz problemas para o solo, como o aumento da salinidade e da compactação, e também para as plantas.

Já o K Forte® é um fertilizante livre de cloro, o que faz com que a sua inclusão nos programas de adubação não traga os malefícios que o excesso desse elemento provoca. Além disso, como destacado por Laercio Dalla Vecchia, ele traz bons resultados e benefícios para diversas culturas.

Renato Ávila é dono da Sementes Campolina e, em sua propriedade no município de Patrocínio, Minas Gerais, cultiva soja, milho e feijão, além de café. Ele conta como o uso do K Forte® melhorou o enchimento de grãos na lavoura do café:

“A gente usava fonte de matéria orgânica no café, mas acabava tendo que complementar o potássio que a gente usava no café com Cloreto de Potássio. E a gente tinha um problema sério de enchimento de grãos. Aí a gente começou com o K Forte®. A gente ficou muito encantado com o produto e a gente não deixa de usar.”

Mas, quais foram outros bons resultados do K Forte®?

O K Forte® ajuda a melhorar a qualidade das lavouras

O potássio é um nutriente muito associado à melhoria da qualidade de frutos. Nas culturas de citros, segundo o International Potash Institute (IPI), o potássio influencia as características do suco, como:

  • Ácidos cítricos e ascórbicos;
  • Relação açúcar/acidez;
  • Sólidos solúveis.

Como o K Forte® é uma fonte eficiente de potássio, ele consegue fornecer esse importante nutriente para as lavouras de maneira adequada. Carlos Alberto Gazoni é citricultor no município de Guaraci, São Paulo, e conta como o fertilizante multinutriente da Verde Agritech melhorou a qualidade dos frutos da sua lavoura:

“Eu comecei a usar ele na laranja. E do momento que eu comecei a usar o K Forte®, juntamente com fosfato, eu já parei com a adubação química. Deixou as frutas bem doces. Eu tenho plantações de tangerinas aqui, parecia que pôs açúcar.”

Já no café, além da nutrição eficiente com potássio, o fato de o K Forte® ser livre de cloro também contribui para a melhoria da qualidade da bebida. É o que relata Bruno Souza, produtor de café em Campos Altos e fundador da Academia do Café:

“A gente teve um resultado muito bom tanto na granação, no tamanho da peneira, quanto na qualidade da bebida na xícara. Nós gostamos tanto do produto que hoje nós estamos fazendo 100% do fornecimento de potássio com o K Forte®.”

Mas, por que ser livre de cloro ajuda a melhorar a qualidade da bebida do café? O excesso de cloro afeta a atividade de uma enzima chamada polifenoloxidase (PPO) que, de acordo com a Dra. Hermínia Emília Prieto Martinez e outros pesquisadores, no artigo Nutrição mineral do cafeeiro e qualidade da bebida, está substancialmente ligada a esse parâmetro.

Uma das explicações é que, como a PPO é uma enzima cúprica, ou seja, contém cobre em sua composição, a presença de altos teores de cloro pode inibir a sua atividade.

Assim, quando há excesso dos íons de cloro, acontece a precipitação do íon Cl com o Cu2+, reduzindo a ativação da enzima. Como o K Forte® é livre de cloro, a atividade da polifenoloxidase não é prejudicada.

Mas o K Forte® tem ainda outros benefícios. Quais são eles?

O K Forte® traz os benefícios do silício e tem um bom custo-benefício

Graças à sua matéria-prima, o K Forte® é eficiente no fornecimento não somente de nutrientes como o magnésio e o manganês, mas também, nutre as lavouras com o silício.

Embora haja debates sobre a essencialidade do silício como um nutriente para as plantas, a comunidade científica considera que ele é um elemento benéfico para nutrição vegetal.

Entre os benefícios que o silício traz quando incluído nos programas de nutrição vegetal é a indução da resistência a estresses bióticos, como pragas e doenças. Assim, o silício é uma ferramenta para o manejo mais sustentável das pragas e doenças.

João Guilherme Surita é pecuarista em Ribas do Rio Pardo, município do Mato Grosso do Sul. Ele conta como o uso do K Forte® no manejo das pastagens da sua propriedade ajudou a reduzir a incidência de lagartas:

“Nós decidimos testar aqui o K Forte® e a planta se apresentou muito saudável. A gente reparou que na área de capim mombaça, que nas nossas experiências passadas sempre precisaram de aplicação de inseticida por conta da lagarta, nesse ano que a gente usou o K Forte®, a lagarta surgiu no início. Mas, rapidamente ela sumiu, de forma natural, sem a necessidade de aplicação de inseticida.”

De maneira geral, a explicação para esse benefício do silício é que ele age de duas maneiras na fisiologia vegetal:

  • A primeira é a criação de uma barreira física, através da deposição do silício nos tecidos vegetais, fortalecendo-os;
  • A segunda é a interação com os mecanismos bioquímicos, estimulando as defesas naturais das plantas contra as pragas e doenças.

O fato de ser um fertilizante multinutriente e também apresentar liberação progressiva dos nutrientes, faz com que o K Forte® proporcione um melhor custo-benefício para o agricultor. Já a liberação progressiva faz com que os nutrientes não se percam por  lixiviação, além de ajudar na construção da fertilidade do solo através do efeito residual.

João Batista Marques, cafeicultor em Itamogi, Minas Gerais, fala sobre como esse melhor custo-benefício do K Forte® é uma vantagem:

“Eu recomendaria pelo custo. O custo do K Forte®, do potássio do K Forte®, em relação ao Cloreto de Potássio, o custo sai bem mais barato utilizando o K Forte®. Então, hoje em dia, com o custo de produção muito alto, se a gente puder reduzir e ter resultado, eu optaria por esse motivo.”

Veja o depoimento de Laercio Dalla Vecchia, Renato Ávila, Carlos Alberto Gazoni, Bruno Souza, João Guilherme Surita, João Batista Marques e outros agricultores que utilizaram e aprovam o K Forte®:

 

O K Forte® é um fertilizante que tem resultados em diversas culturas

Os depoimentos de agricultores de diversos lugares do Brasil mostram que o K Forte® é uma fonte de potássio eficiente na nutrição de várias culturas.

Graças à sua matéria-prima, o uso do fertilizante multinutriente da Verde Agritech ajudou a melhorar a qualidade e a produtividade das culturas, além de trazer a indução da resistência contra estresses bióticos.

Sendo também fonte de silício, magnésio e manganês, e com liberação progressiva dos nutrientes, o K Forte® ajudou a proporcionar um manejo mais completo, melhorando o custo-benefício do manejo da lavoura, entre outros benefícios!

Agricultores Brasileiros Contam Como O K Forte® Trouxe Bons Resultados Para Diversas Culturas - K Forte

 

 

Compartilhe esta publicação