17-08-2020_Você sabe o que é a CTC do solo

Você sabe o que é a CTC do solo?

A compostagem é uma técnica muito benéfica para a agricultura, como visto no artigo Sete benefícios da compostagem.

Um dos benefícios que ela traz é o aumento da capacidade de retenção de cátions do solo e em consequência a sua capacidade de troca catiônica (CTC).

Mas o que é exatamente a CTC do solo e qual a sua relação com a compostagem?

Para começar a entender o que é a CTC, é preciso entender o que são os cátions. Basicamente, eles são átomos de um determinado elemento que perderam um ou mais elétrons, saindo do estado natural de equilíbrio que essas partículas formam com os prótons na estrutura atômica.

Como os elétrons possuem cargas negativas, um átomo que perde elétrons fica carregado positivamente.

Na natureza, as cargas negativas e positivas se atraem e muitos dos elementos nutritivos importantes para as plantas, como o Potássio, geralmente são encontrados em forma de cátions na natureza.

Os solos em geral são carregados positivamente, atraindo para si esses cátions.

As plantas, por sua vez, realizam processos bioquímicos em que trocam cátions que elas produzem por cátions dos elementos que elas precisam retirar do solo. O quanto de cargas o solo consegue trocar com as plantas é medido pela CTC.

Um solo com uma boa CTC é importante, já que nutrientes essenciais para o desenvolvimento das plantas, como o Potássio, se encontram na natureza na forma de cátions, que precisam ser retidos pelo solo antes de poderem ser trocados com as plantas.

O K Forte, fertilizante mineral da Verde, além de alto teor de Potássio, também tem uma CTC alta e que não se perde com o tempo. Ou seja, quanto mais ele é aplicado, mais estabilidade de CTC ele oferecerá ao solo.

Agora que você já sabe o que é a CTC e como ela é importante para as plantas, acompanhe nosso blog para entender como a compostagem aumenta esse importante parâmetro!