Conheça As Principais Funções Do Enxofre Nas Plantas

Conheça as principais funções do enxofre nas plantas

Estima-se que o enxofre seja o nono elemento mais abundante no planeta Terra. Ele é considerado um nutriente do grupo dos macronutrientes secundários, juntamente com o cálcio e o magnésio. Isso significa que ele é essencial para os processos de desenvolvimento e crescimento das plantas, sendo requerido em maiores quantidades que os nutrientes do grupo dos micronutrientes. Mas, quais são as principais funções do enxofre nas plantas?

A importância do enxofre na agricultura

De maneira geral, o enxofre é o 4º nutriente mais absorvido pelas plantas, mas a exigência desse nutriente varia de espécie para espécie.

Victor Hugo Alvarez V. e outros pesquisadores, no capítulo Enxofre do livro Fertilidade do Solo, explicam que as plantas pertencentes à família das crucíferas, como o repolho, couve e brócolis e à das liliáceas, como o alho e a cebola, são as espécies mais que mais exigem enxofre, com uma demanda média de 70kg a 80kg/ha-1.

Os estudiosos destacam ainda que em diversas culturas de interesse comercial a demanda por enxofre chega a ser maior que a de fósforo. É o caso, por exemplo, do café, da cana-de-açúcar, da batata, da banana e da laranja, entre outras.

Já Silvia Regina Stipp e Valter Casarin, no artigo A importância do enxofre na agricultura brasileira, afirmam que, atualmente, o enxofre tem se tornado um nutriente limitante na produtividade das culturas, muito mais do que no passado. Segundo os pesquisadores, as razões para isso são, entre outras:

  • O baixo teor de enxofre nos solos tropicais;
  • A maior produtividade das culturas, que acabam requerendo mais enxofre;
  • O aumento do uso de fertilizantes que contém pouco ou nenhum enxofre;
  • A redução nas quantidades de enxofre atmosférico provindos da chuva;
  • A redução das reservas de enxofre do solo com as perdas de matéria orgânica devido à mineralização e à erosão.

Diante dessa importância do enxofre em termos de exigência e da sua crescente relevância como fator limitante da produtividade das culturas, cabe perguntar: quais são as principais funções do enxofre nas plantas?

1. O enxofre participa ativamente do metabolismo vegetal

Uma das funções mais importantes do enxofre nas plantas é o seu papel no metabolismo vegetal. Isso faz com que as plantas tenham uma boa resposta à uma adubação adequada com esse nutriente.As Funções Do Enxofre No Metabolismo Das Plantas Fazem Com Que As Culturas Tenham Uma Boa Resposta À Adubação Com Esse Nutriente

As funções do enxofre no metabolismo das plantas fazem com que as culturas tenham uma boa resposta à adubação com esse nutriente. (Fonte: MALAVOLTA, 1996)

Ainda de acordo com Silvia Regina Stipp e Valter Casarin, no artigo A importância do enxofre na agricultura brasileira, juntamente com o nitrogênio, o enxofre está presente em todas as funções e processos que são parte da vida da planta: da absorção iônica aos papeis do RNA e DNA, incluindo o controle hormonal e a diferenciação celular.

Os pesquisadores destacam ainda as diversas substâncias das quais o enxofre participa do processo de formação, incluindo:

  • Aminoácidos e proteínas;
  • Coenzimas;
  • Sulfolipídeos;
  • Flavonoides;
  • Lipídeos;
  • Glucosinolatos;
  • Polissacarídeos;
  • Compostos não saturados;
  • Sulfóxidos;
  • Alcalóides;
  • Nucleotídeos;
  • Compostos reduzidos.

Já Godofredo Cesar Vitti e outros pesquisadores, no estudo Manejo do enxofre na agricultura, ressaltam a participação do enxofre na composição de coenzimas como a tiamina (B1) e a biotina, que são essenciais para a nutrição humana.

Os pesquisadores também destacam que o enxofre faz parte de diversos compostos que impactam diretamente na qualidade dos alimentos: desde características de sabor em frutas como o mamão e da acidez no abacaxi, até a qualidade da proteína do trigo, que por sua vez afeta a qualidade do pão produzido com ele.

2. Melhor aproveitamento do nitrogênio no metabolismo vegetal

A proximidade entre o enxofre e o nitrogênio dentro do funcionamento dos ciclos metabólicos das plantas faz com que exista uma relação entre esses dois nutrientes.

Godofredo Cesar Vitti e seus colegas, ainda no estudo Manejo do enxofre na agricultura, explicam que o enxofre e o nitrogênio “andam juntos” no metabolismo das plantas através de duas rotas principais:

  • A formação de proteínas de qualidade;
  • A fixação biológica do nitrogênio do ar e incorporação do nitrogênio mineral em aminoácidos.

Os pesquisadores explicam que, em relação à formação de proteínas de qualidade, o nitrogênio faz parte da formação dos 20 aminoácidos que compõem as proteínas. E o enxofre compõe 4 deles: cistina, metionina, cisteína e taurina.

Assim, a ausência ou deficiência do enxofre durante o crescimento das plantas implica na formação de proteínas de baixa qualidade. Além disso, o consumo de plantas deficientes em cistina e metionina é responsável por doenças irreversíveis em animais e no homem, como escorbuto, hemofilia e cegueira noturna, dentre outras.

Já em relação à fixação biológica do nitrogênio do ar e a incorporação do nitrogênio mineral, o enxofre faz parte das reações químicas que vão resultar tanto na fixação do nitrogênio quanto na absorção desse importante nutriente pelas plantas. Sendo assim, a falta dele acaba prejudicando o aproveitamento do nitrogênio pelas plantas.

A Falta De Enxofre Prejudica O Aproveitamento Do Nitrogênio Pelas Plantas, Atrapalhando Por Exemplo O Processo De Nodulação Da Soja

A falta de enxofre prejudica o aproveitamento do nitrogênio pelas plantas, atrapalhando por exemplo o processo de nodulação da soja. (Fonte: MALAVOLTA, 1982)

3. A aplicação do enxofre nas plantas melhora a adubação com o fósforo

Além do nitrogênio, outro importante nutriente com o qual o enxofre tem uma interação positiva é o fósforo.

O fósforo também é um macronutriente, do grupo dos macronutrientes primários, e exige atenção do agricultor na hora de planejar o manejo nutricional. Isso porque a dinâmica do fósforo no solo faz com que ele seja facilmente adsorvido, tornando-se indisponível para as plantas.

Essa dinâmica é vista em muitos solos brasileiros, como os solos do Cerrado. É o que explica o pesquisador João Carlos Ker, em seu estudo Mineralogia, sorção, e dessorção de fosfato, magnetização e elementos traços de Latossolos do Brasil.

Nesse trabalho, ele ressalta que em alguns Latossolos de cerrado, o solo se transformou em um potencial dreno de nutrientes, adsorvendo o equivalente a 4000 kg/ha de fósforo (P2O5).

Entretanto, existem estudos que demonstram que a presença do enxofre pode melhorar a eficiência da adubação fosfatada nas lavouras, por causa do efeito sinérgico entre esses dois nutrientes.

Victor Hugo Alvarez V. e seus colegas, também no capítulo Enxofre do livro Fertilidade do Solo, citam que, na ausência de enxofre, as respostas à adição de fósforo no solo são muito baixas ou nulas. Já a adição conjunta de fósforo e enxofre apresenta elevada resposta positiva no desenvolvimento e crescimento das culturas.A Adição De Enxofre Ajuda A Melhorar A Eficiência Da Adubação Fosfatada

A adição de enxofre ajuda a melhorar a eficiência da adubação fosfatada. (Fonte: Adaptado de ALVARES V. et al, 2007)

4. A adubação com enxofre nas plantas contribui para a indução da resistência aos estresses abióticos e bióticos

Outra função do enxofre nas plantas que traz benefícios para elas é a sua atuação na formação de substâncias que contribuem para a melhoria da resistência os estresses abióticos e bióticos.

Em relação aos estresses abióticos, o enxofre está envolvido na formação de ligações dissulfídricas, com os radicais sulfidrilos (-SH) e dissulfeto (-S-S), que induzem a resistência ao frio.

Efeito esse que é citado em estudos como o realizado por José Tertulino Rocha e outros pesquisadores, no artigo Nutrição e fertilização com enxofre e uso de gesso em plantações de eucalipto.

Já em relação aos estresses bióticos, o enxofre ajuda a induzir uma maior resistência a eles por atuar na formação da clorofila e estar relacionado à taxa de fotossíntese nas plantas. Esses dois parâmetros estão relacionados à saúde da planta e, quando deficitários, a deixam mais vulnerável às pragas e doenças.

 

As muitas funções do enxofre nas plantas ajudam no desenvolvimento das culturas.

As funções do enxofre nas plantas fazem com que seja essencial estar atento à adubação com este nutriente

Em resumo, o enxofre é um macronutriente essencial para o desenvolvimento das plantas. Graças ao seu envolvimento em diversas funções no metabolismo vegetal, ele contribui para o crescimento e o rendimento das diversas culturas agrícolas.

Assim, é muito importante que o agricultor esteja atento à nutrição sulfatada na lavoura, avaliando os níveis desse nutriente no solo de maneira adequada e também utilizando fontes de enxofre eficientes!

Compartilhe esta publicação