Quem é Alysson Paolinelli e por que o seu trabalho é tão importante para o Brasil

Quem é Alysson Paolinelli e por que o seu trabalho é tão importante para o Brasil?

Um dos nomes mais importantes da agricultura brasileira é, sem dúvidas, o do Sr. Alysson Paolinelli. Com sua atuação dentro e fora da esfera governamental, ele foi um dos responsáveis pela guinada que o Brasil teve no setor, passando de importador alimentos à potência agrícola mundial. Mas, quem é Alysson Paolinelli e por que o seu trabalho é tão importante para o Brasil?

Uma das figuras de maior destaque do setor agrícola brasileiro

O Sr. Alysson Paolinelli é uma das figuras de mais destaque da agricultura brasileira. Recentemente, ele foi indicado ao Prêmio Nobel da Paz 2021, com o apoio de mais de cem cartas de representantes de 28 países diferentes. Mas este não é o seu único feito de destaque em sua longa carreira.

Alysson Paolinelli nasceu em 1936, no município de Bambuí, região Centro-Oeste de Minas Gerais. Em 1959, se formou em Agronomia na Escola Superior de Agricultura de Lavras (ESAL), também em Minas Gerais.

Ele especializou-se nos estudos do potencial para a produção agrícola e chegou a lecionar na ESAL. Durante o seu período como docente da instituição, foi um dos nomes à frente do processo de federalização da ESAL, em 1963. Mais tarde, entre 1966 e 1971, participou da diretoria da instituição, como vice-diretor e diretor, aumentando o número de professores.

Ainda em 1971, o Sr. Alysson Paolinelli assumiu a Secretaria de Agricultura de Minas Gerais. À frente da pasta, ele criou incentivos e possibilitou inovações tecnológicas que alavancaram o estado de Minas Gerais para o posto de maior produtor de café do Brasil.

Já em 1974, ele assumiria o cargo de Ministro da Agricultura. Foi à frente do ministério que o Sr. Alysson Paolinelli pôde trabalhar na expansão e solidificação da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), da qual ele participou da fundação, como uma das instituições de referência da pesquisa agrícola no país.

Esse trabalho foi uma das principais razões pela qual o Sr. Alysson recebeu o título de Pai da Agricultura Tropical.

Alysson Paolinelli: o Pai da Agricultura Tropical

Em sua atuação como Ministro da Agricultura, o Sr. Alysson fez esforços para que a chamada Agricultura Tropical pudesse ser desenvolvida no país. Esse conjunto de técnicas e saberes fortemente baseados na ciência permitiu que áreas antes consideradas incompatíveis com a agricultura, como por exemplo o cerrado mineiro, pudessem ser cultivados.

Falando sobre isso, o Sr. Paolinelli reforça o quanto foi preciso mobilizar diligências em diversas esferas e colocar o foco na pesquisa para que isso fosse possível:

“A grande revolução que nós fizemos foi fruto de uma grande mobilização que tivemos de fazer ora em governo, ora fora de governo, mas que sempre mantinha em primeiro lugar a pesquisa, para que ela criasse as primeiras indicações de possibilidade de uso das áreas tropicais”.

Algumas das ações que foram tomadas para que a Agricultura Tropical pudesse florescer foram:

  • Reorganização da Embrapa;
  • Contratação de mais de 1.000 profissionais no primeiro ano da Embrapa;
  • Integração com universidades e iniciativa privada;
  • Envio de pesquisadores para o exterior com o objetivo de adquirir conhecimentos que pudessem ser aplicados aos biomas brasileiros;
  • Criação da Empresa Brasileira de Extensão Rural (Embrater) para transferência das inovações para o agricultor;
  • Ampliação do acesso ao crédito.

Com essas ações, as áreas do Brasil que antes não eram cultivadas puderam ter a sua capacidade produtiva explorada, mas sem degradá-las, pensando na sustentabilidade da agricultura.

Você pode conferir mais sobre o trabalho do Sr. Paolinelli nessa mudança de paradigma da agricultura brasileira nessa entrevista que ele concedeu à Verde, por ocasião da sua indicação ao Prêmio Nobel da Paz 2021:

 

Uma aposta na ciência para construir uma agricultura sustentável

Sempre acreditando na força transformadora da ciência e da pesquisa na busca por uma agricultura sustentável, o Sr. Alysson Paolinelli ao longo de sua carreira esteve atento a empreendimentos que estivessem imbuídos desse pensamento.

Foi por isso que, em 2014, ele passou a fazer parte do Conselho Diretor da Verde. A empresa tem o propósito de melhorar a saúde das todas as pessoas e do Planeta, promovendo a biodiversidade do solo. Isso é feito desenvolvendo fertilizantes potássicos especiais a um custo competitivo e justo para o agricultor.

Um dos papeis do Sr. Alysson na diretoria da Verde foi justamente apontar o caminho que a empresa deveria seguir para valorizar os recursos que o Brasil tem em termos de fontes de nutrição, como o Siltito Glauconítico.

Essa matéria-prima é fonte de potássio, silício e outros nutrientes importantes para as culturas do Brasil. Junto a isso, ela tem propriedades benéficas para qualidade do solo e eficiência agronômica. Por isso, o Siltito Glauconítico tem um papel importante na continuidade dos esforços que têm sido feitos em prol da Agricultura Tropical desde a década de 70.

Para o Sr. Paolinelli, uma ação importante que a Verde tem tomado para fazer a eficiência e o potencial do Siltito Glauconítico conhecido pelo agricultor brasileiro é o embasamento na ciência:

“A Verde também tem seus pesquisadores, mas o principal: está usando as universidades, está usando as instituições de pesquisa como a Embrapa, a EPAMIG e cabe a essas instituições achar todas as possibilidades para que o Siltito Glauconítico seja ainda mais utilizável no processo agrícola.”

Uma vida de conquistas

Listar as conquistas do Sr. Alysson Paolinelli não é uma tarefa fácil. Tanto dentro da política, quanto fora dela, sua influência e importância para o setor agrícola brasileiro são importantíssimos.

Entre os destaques de tão frutífera carreira, estão a presidência da Confederação Nacional da Agricultura (CNA); a sua participação na Assembleia Nacional Constituinte de 1987-1988 e a chefia da Delegação Brasileira na Conferência Mundial de Alimentos da FAO.

Em 2006, o Sr. Alysson Paolinelli recebeu o Prêmio Mundial da Alimentação, um reconhecimento por sua contribuição no avanço do desenvolvimento humano em aprimorar a qualidade, quantidade e disponibilidade de alimentos no mundo.

E, ainda hoje, o nome de Alysson Paolinelli é referência do setor agrícola. A sua indicação ao Prêmio Nobel da Paz 2021, por exemplo, atesta que o Sr. Paolinelli tem uma visão única e respeitada sobre os desafios que precisam ser enfrentados pela agricultura do Brasil e do mundo daqui para frente.