Entenda mais sobre a cochonilha praga que pode prejudicar a produtividade agrícola

Entenda mais sobre a cochonilha, praga que pode prejudicar a produtividade agrícola

A cochonilha é uma das pragas agrícolas mais comuns e pode causar grandes prejuízos à produtividade de diversas culturas. Por esse motivo, é importante que os agricultores, técnicos agrícolas e agrônomos entendam mais sobre essa praga e conheçam formas de prevenção e controle em caso de ataques. Entenda mais sobre esse assunto! 

O que é a cochonilha e quais os danos que ela causa nas culturas agrícolas?

A cochonilha é um inseto sugador de seiva que afeta diversas culturas agrícolas. No Brasil, existem cerca de 16 espécies desse inseto, distribuídos entre cinco famílias diferentes: Aclerdidae, Coccidae, Diaspididae, Margarodidae e Pseudococcidae.

Embora existam diversas espécies, a mais comum é a cochonilha-do-carmim. Vale notar que a cochonilha é tão pequena que é difícil vê-la a olho nu, mas em grandes quantidades, torna-se fácil de identificar.

A cochonilha possui variadas espécies, distribuídas em diferentes famílias

A cochonilha possui variadas espécies, distribuídas em diferentes famílias (Fonte: WOLFF, 2016)

O principal problema causado quando a cochonilha ataca as culturas agrícolas é que ela suga a seiva das plantas. A consequência é o enfraquecimento das plantas, o que pode levar à morte delas.

Uma das culturas mais afetadas pela cochonilha é a citricultura. No entanto, ela ataca ainda diversos outros cultivos agrícolas, como o café, a cana-de-açúcar, o algodão, o abacate, o abacaxi, a batata, entre outros.

A cochonilha pode causar perdas significativas na produção dessas culturas. Além disso, a presença desse inseto pode diminuir a qualidade dos frutos e a produtividade das culturas, afetando diretamente o lucro dos agricultores.

Por isso, é importante que o agricultor se previna e faça o controle dessa praga o quanto antes em caso de ataques. Mas, como fazer isso? 

As principais formas de prevenção e controle da cochonilha

Existem diversas formas de prevenir e controlar a cochonilha nas lavouras. O primeiro passo é manter a higiene da plantação, limpando regularmente as folhas e galhos. Outra dica é fazer uso de produtos naturais, como a calda de fumo, que pode ser utilizada de forma preventiva.

Além disso, é importante adotar práticas de manejo integrado de pragas, como o uso de inimigos naturais, o controle de drenagem e a utilização de produtos biológicos. Também é essencial manter a lavoura limpa e livre de plantas invasoras, já que elas podem servir como hospedeiros da cochonilha.

Caso haja infestação de cochonilhas, a adoção de medidas de controle é fundamental para evitar perdas na produção. Nesse contexto, é recomendado a utilização de produtos químicos específicos para a cochonilha, sempre levando em conta as instruções dos fabricantes e evitando danos ao meio ambiente.

Existem ainda outras medidas que podem ser adotadas para prevenir e controlar a infestação de cochonilhas, como a escolha de cultivares resistentes e a utilização de armadilhas luminosas.

Vale lembrar que, se a planta já apresenta sinais de infestação de cochonilha, é importante agir rapidamente. O tratamento pode ser feito com a ajuda de um profissional, que irá avaliar as condições da planta e indicar a melhor estratégia de controle.

Em alguns casos, pode ser necessário fazer a poda de galhos e folhas, além de aplicar o produto correto. Além disso, a adubação também tem um papel importante na prevenção e no controle da cochonilha. 

A importância da adubação na prevenção e controle da cochonilha

A adubação adequada das plantas é importante para prevenir os ataques e ajuda a controlar as infestações por essa praga. Os nutrientes fornecidos pela aduabção têm funções específicas dentro da fisiologia e do metabolismo vegetal.

Além de ajudarem crescimento e desenvolvimento vegetal, muitos deles auxiliam também na melhoria da resistência a diferentes tipos de estresses abióticos e bióticos que podem atingir as plantas.

Isso vale inclusive para a cochonilha. O potássio, por exemplo, tem entre as suas funções essa amenização de estresses bióticos. O enxofre também pode ser um aliado importante no controle de pragas agrícolas.

Entenda mais sobre a cochonilha, praga que pode prejudicar a produtividade agrícola - e book01–fontes de enxofre usadas na agricultura

Vale destacar também o papel do silício no auxílio ao combate dos estresses bióticos nas plantas. Ainda que não seja considerado um nutriente essencial, o silício traz diversos benefícios para as plantas. Um deles é justamente incluindo a indução da resistência contra pragas e doenças, além da indução da resistência aos estresses hídricos.

Outro ponto importante que relaciona a adubação à prevenção e controle da cochonilha é em relação à salinidade. Alguns fertilizantes, como aqueles que têm excesso de cloro em sua composição, podem levar à salinização do solo e a cochonilha tem maior afinidade com plantas que crescem em ambientes com esse problema.

Por isso, é essencial utilizar fertilizantes adequados e eficientes e que ajudem a otimizar o manejo é essencial. É o caso dos fertilizantes da Verde Agritech, como o K Forte® e o BAKS®.

Eles são multinutrientes, sendo fonte potássio e outros nutrientes importantes para as plantas. Além disso, eles também são fonte de silício, e contam com tecnologias exclusivas e inovadoras, que foram desenvolvidas ao longo de anos de estudo, juntamente com instituições de pesquisa renomadas.

O BAKS é um exemplo de fertilizante que otimiza o manejo agrícola

Vale ressaltar ainda que o K Forte® e o BAKS® também disponibilizam os seus nutrientes de maneira gradual, ajudando na construção e manutenção da fertilidade do solo.

Graças a isso, há um efeito residual duradouro no solo, o que contribui para a construção e a manutenção da fertilidade do solo, otimizando o manejo e valorizando o investimento do agricultor!

Entender mais sobre a cochonilha e os métodos de prevenção e controle ajuda a reduzir os danos que essa praga pode causar

Como pudemos observar, a cochonilha é uma praga agrícola que pode causar grandes prejuízos para as lavouras. Por isso, é necessário que produtores, técnicos agrícolas e agrônomos estejam sempre atentos à presença da praga.

Investir em prevenção, promover a higiene da lavoura, utilizar produtos naturais e fazer uma adubação adequada com fertilizantes eficientes são formas eficazes de controlar a cochonilha.

Em caso de infestação, a ação rápida pode impedir que a praga se alastre e cause danos ainda maiores. Agir com responsabilidade e conhecimento é o melhor caminho para garantir a produtividade das lavouras e ter mais sustentabilidade!

Compartilhe esta publicação