3 Benefícios Do Uso De Adubo Para Citros

3 benefícios do uso de adubo para citros

Você sabia que o uso de adubo para citros pode melhorar não apenas a produtividade dos pomares e a qualidade dos frutos, mas como também a resistência das plantas a estresses bióticos e abióticos? Conheça os 3 principais benefícios do uso de adubo para citros e quais as melhores alternativas de nutrição para os seus pomares! 

Qual a importância do uso de adubo para citros?

Nas últimas décadas, a citricultura brasileira vivenciou diversos avanços no setor, que fizeram com que o Brasil conquistasse a sua a posição como o maior líder mundial na produção de citros. 

Esses avanços permitiram a otimização de grande parte dos tratos culturais dos pomares, principalmente daqueles relacionados a nutrição de plantas, que permitiram potencializar não apenas a produtividade dos pomares, mas como também a qualidade dos frutos. 

Os citros são plantas consideradas exigentes em relação a nutrição. Um exemplo é a cultura da laranja, que pode chegar a extrair quase 2kg/ha por dia de potássio durante as fases de maior exigência nutricional.   

Por isso, a aplicação de adubo para citros se tornou um requisito para alcançar a alta performance das plantas e se destacar no setor, já que o seu uso adequado pode proporcionar diversos benefícios na citricultura, como: 

1. A maior qualidade de frutos e produtividade dos pomares

Um dos benefícios mais marcantes e perceptíveis do uso de adubo para citros é o quanto a aplicação de nutrientes em doses corretas e com fontes adequados pode contribuir para a maior qualidade de frutos e produtividade dos pomares. 

Vários nutrientes são capazes de incrementar parâmetros de qualidade exigidos pelo mercado, que vão desde características relacionadas ao sabor ao aspecto externo dos frutos. 

O potássio, por exemplo, tem demonstrado amplamente seu papel nos parâmetros de qualidade e valor nutricional de muitas culturas, incluindo os citros. Segundo o International Potash Institute (IPI), o potássio é responsável por características do suco como: 

  • Ácidos cítricos e ascórbicos; 
  • Relação açúcar/acidez; 
  • Sólidos solúveis. 

Além disso, como o potássio é capaz de conferir uma maior resistência aos tecidos por contribuir com o aumento da espessura da cutícula e da parede celular vegetal, a boa disponibilidade desse macronutriente no solo favorece a formação frutos com casca resistentes e sem deformações ou rachaduras. 

Parte das funções desempenhadas pelo potássio e outros nutrientes também são capazes contribuir positivamente para melhor produtividade dos pomares. 

A adubação com potássio é conhecida por influenciar em diversos parâmetros da cultura que interferem diretamente na sua produtividade, tais como:  

  • O vigor e a sanidade das árvores;  
  • O tamanho e a qualidade dos frutos;  
  • O sucesso de pegamento da florada. 

Outros nutrientes que merecerem destaque são os micronutrientes para produtividade dos citros.  

De acordo com o Instituto Agronômico de Campinas (IAC), micronutrientes como o boro e o manganês estão entre aqueles que mais podem limitar a produção de citros. Por isso, o uso de adubo para citros com esses micronutrientes pode fazer toda a diferença para a produtividade dos pomares. 

Enquanto a adubação com boro é capaz de evitar a queda prematura das folhas e proporcionar a maior fixação das flores, a adubação com manganês pode favorecer o maior número de frutos por árvore e o melhor teor de sólidos solúveis totais (SST) e ácido ascórbico dos frutos.

2. O melhor controle de pragas e doenças

Outro benefício muito relevante proporcionado pela aplicação de adubo para citros é a melhoria da sanidade das plantas. 

Muitas funções desempenhadas pelos nutrientes e elementos benéficos estão relacionadas a melhoria da resistência dos citros a pragas e doenças, porque eles contribuem para a produção de compostos de defesa naturais das plantas. 

Esse é o caso do silício. No artigo A Review on the Role of Silicon Treatment in Biotic Stress Mitigation and Citrus Production, Mireille Asanzi Mvondo-She e outros pesquisadores explicam que o silício ativa mecanismos fisiológicos de resistência nas plantas, ao proporcionar: 

  • O aumento da atividade de enzimas de defesa, como polifenoloxidases, glucanases, e peroxidases; 
  • O aumento da atividade de compostos antimicrobianos, como fenóis, flavonoides e fitoalexinas; 
  • A regulação da resistência das plantas através de hormônios sinalizadores, como ácido salicílico, ácido jasmônico e etileno. 

Além disso, como a deposição de sílica nos tecidos das plantas acaba criando uma espécie de “barreira física”, esse elemento benéfico também acaba contribuindo para o melhor controle de pragas dos citros.

Isso porque a camada mais endurecida do tecido da planta acaba danificando o aparelho bucal de insetos mastigadores e sugadores ou mesmo impedindo a colonização dos tecidos das plantas por certos agentes patogênicos. 

No Comunicado técnico 21: É Fácil Controlar a Parlatória dos Citros?, Roberto Cesnik sugere que algumas fontes de silício têm auxiliado na menor incidência da cochonilha parlatória-dos-citros (Parlatoria cinerea), quando esse insumo é aplicado na fase de implantação do pomar. 

3. A maior resistência das plantas as condições climáticas desfavoráveis

Por fim, não podemos deixar de destacar o benefício que o uso de adubo pode trazer para melhorar o desempenho dos pomares, mesmo em condições climáticas desfavoráveis. 

Esse fato é relevante porque o clima desfavorável na safra 2020/2021 esteve entre as principais causas que levaram à perda de aproximadamente 74 milhões de caixas de frutas no Brasil. Conforme revela Pesquisa de Estimativa de Safra (PES) da Fundecitrus. 

Por isso, é muito importante que o citricultor sempre invista em estratégias para mitigar os impactos negativos que as condições climáticas desfavoráveis, como a seca, podem trazer para os seus pomares. 

Uma das estratégias que podem ser realizadas é o uso correto de adubo para citros, uma vez que muitos nutrientes são capazes de promover benefícios que otimizam a fisiologia vegetal ou que ainda melhoram a estrutura vegetal das plantas, tornando-as mais resistentes. 

O magnésio, por exemplo, está relacionado com as enzimas do sistema antioxidante da planta, que é responsável pela atividade de desintoxicação das espécies reativas de oxigênio (EROS).  

As EROS são compostos químicos que se acumulam, principalmente, em condições de alta radiação e temperatura excessiva, e funcionam como uma espécie de resposta defensiva das plantas a essas condições de estresse. 

Outro nutriente que também está relacionado a melhoria da resistência dos citros a condições de estresse é o potássio. 

A ativação enzimática proporcionada pelo potássio tem um papel fundamental no controle osmótico e na abertura e fechamento dos estômatos, a principal estrutura vegetal que pode levar a perda de excessiva de água pelas plantas. 

Assim, esse macronutriente desempenha um papel muito importante para a amenização do estresse hídrico, que é muito recorrente em épocas de seca. 

Já no caso dos benefícios do uso de adubo para citros relacionados a melhoria da estrutura das plantas para resistir melhor a condições climáticas desfavoráveis, podemos destacar o papel do silício e do boro. 

Para amenizar condições de estresse hídrico causados pela seca, por exemplo, o silício promove a deposição de sílica abaixo da cutícula dos tecidos vegetais. Deposição essa, que fortalece os tecidos vegetais e ajuda a evitar a perda excessiva de água pela planta pelo processo de transpiração. 

Um efeito secundário desse fortalecimento dos tecidos é a redução do autossombreamento da planta, que também diminui a perda de água por transpiração. 

Já no caso do boro, como esse micronutriente está relacionado enraizamento das plantas, ele é capaz de favorecer o melhor desenvolvimento radicular dos citros e, com isso, permitir que as plantas acessem água e nutrientes no solo mais profundo.

Portanto, podemos perceber que cada nutriente desempenha funções essenciais para a melhor produtividade e qualidade dos pomares e para melhor resistência das plantas contra pragas, doenças e condições climáticas desfavoráveis. Mas, como escolher o melhor adubo para citros? 

Qual o melhor adubo para citros?

Como os citros são uma cultura perene que apresentam uma grande vida útil no campo, aumentar e estabilizar os níveis de nutrientes no solo por todo esse tempo nem sempre é algo facilmente alcançado com o uso de fontes convencionais de nutrientes.

Isso acontece porque grande parte dessas fontes são muito solúveis em água e, portanto, altamente suscetíveis a sofre perdas do seu conteúdo de nutrientes pelo processo de lixiviação ao longo do tempo. 

Sendo que tal situação é ainda mais grave para nutrientes que apresentam uma grande mobilidade no perfil do solo, como o potássio e o boro, especialmente em condições irrigadas e em solos arenosos com baixos teores de matéria orgânica. 

Além disso, como grande parte do conteúdo de nutrientes é disponibilizado em um curto período de tempo, as plantas de citros podem sofrer efeitos negativos da intoxicação, principalmente no caso dos micronutrientes. 

Além da disponibilidade de nutrientes para as plantas, também é preciso que o agricultor considere quais impactos que o uso de determinado adubo para citros pode trazer para o seu manejo. 

O uso de fertilizantes com altos teores de cloro, por exemplo, pode reduzir a eficiência de produtos biológicos a base de microrganismos, uma vez que o cloro é uma substância com um grande poder biocida. 

Por isso, muitos agricultores tem buscado alternativas para fazer a adubação dos citros da forma mais eficiente possível. 

Uma das alternativas que tem se destacado frente aos demais opções de fertilizantes para citros é o K Forte®, um fertlizante multinutriente de liberação progressiva fabricado pela Verde Agritech. 

Agricultores que utilizam o K Forte® têm relatado o aumento na quantidade e qualidade do sabor frutos de citros produzidos, e que o uso dele junto a outros fertilizantes da Verde Agritech tem otimizado o manejo dos pomares e a resistência deles a estresses bióticos, como pragas. 

Um citricultor no município de Guaraci-SP, relatou que o uso do K Forte® nos seus pomares ajudou a mudar a nutrição da lavoura e no controle de pragas: 

“[O K Forte®] deixou as frutas bem doces. Eu tenho plantações de tangerinas aqui, que parecia que pôs açúcar. Esmagava uma tangerina e caía no solo, formava aquele melado assim, sabe? Que você pisa e gruda, formigas ficam ao redor com o passar das horas ali. Então o K Forte® é muito bom.”, destacou Carlos Alberto 

“Nas aplicações eu [também] uso o Silício Forte, porque ele deixa a película das folhas mais endurecida. Então, como na citricultura tem muito ataque de minadora, diminui bastante o uso de agroquímicos para poder controlar as minadoras.”, completou Carlos Alberto 

E resultados similares têm sido relatados por um agricultor de São João del Rei-MG, que utiliza a mais de três anos K Forte® na cultura da laranja: 

Valdemir Aparecido Correa Bueno, agricultor que cultiva laranja, milho e soja em São João del Rei/MG e cana-de-açúcar em Porto Ferreira/SP, aplica K Forte® há três anos na cultura da laranja e conta os benefícios que percebeu, como um fruto maior e mais bonito.

Portanto, o K Forte® e outros fertilizantes multinutrientes produzidos pela Verde Agritech, tem se mostrado como uma ótima alternativa para adubação dos pomares de citros. 

O K Forte® tem se mostrado uma excelente opção para adubação dos citros

Em conclusão, podemos perceber que o uso de adubo para citros pode trazer muitos benefícios para os pomares, que vão desde a melhoria da produtividade e a qualidade dos frutos à melhoria da resistência das plantas a estresses bióticos e abióticos, como pragas, doenças e condições climáticas desfavoráveis. 

Entretanto, para desfrutar esses benefícios, o agricultor deve buscar por fontes de nutrientes adequadas, que proporcionem a boa nutrição das plantas ao longo do ciclo produtivo dos citros, que é particularmente longo. 

Para isso, ele pode fazer o uso de fontes de nutrientes de liberação progressiva e com longo efeito residual, como o K Forte®, um fertilizante multinutriente que tem gerado resultados promissores para os citricultores brasileiros! 

Compartilhe esta publicação