Como A Agricultura De Precisão Pode Reduzir Os Custos De Adubação Potássica Em Épocas De Falta De Fertilizante? - Como A Agricultura De Precisao Pode Reduzir Os Custos De Adubacao Potassica Em Epocas De Falta De Fertilizante

Como a agricultura de precisão pode reduzir os custos de adubação potássica em épocas de falta de fertilizante?

Os primórdios da agricultura de precisão começaram ainda no início do século XX, mas só com o surgimento de tecnologias mais eficientes de mapeamento e sensoriamento remoto das propriedades agrícolas esse conjunto de técnicas pôde evoluir de maneira mais plena. Mas, o que é a agricultura de precisão e como ela pode tornar a adubação potássica mais eficiente e reduzir os custos para o agricultor?

A importância da adubação potássica e o cenário atual do mercado de fertilizantes

Os fertilizantes são insumos muito importantes na hora de pensar no planejamento da atividade agrícola. Isso porque eles são essenciais para que as lavouras alcancem bons níveis de produtividade e para que o solo não perca a sua fertilidade com o passar do tempo.

No Brasil, isso é especialmente relevante quando se fala do potássio, já que boa parte dos solos brasileiros têm baixa disponibilidade desse nutriente, de acordo com o estudo Aspectos relacionados ao mapeamento da disponibilidade de potássio nos solos do Brasil, da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa).

Portanto, a escassez de potássio e a elevação dos preços são fatores que impactam diretamente na produção agrícola. Em 2021, por exemplo, o preço da principal fonte de potássio utilizada no Brasil mais que triplicou.O Preço Do Potássio Teve Um Grande Salto No Brasil E Nos Estados Unidos Em 2021, Na Imagem Os Preços Do Brasil Estão Representados Pela Linha Amarela (Fonte: World Bank)

O preço do potássio teve um grande salto no Brasil e nos Estados Unidos em 2021, na imagem os preços do Brasil estão representados pela linha amarela. (Fonte: World Bank)

Todavia, a tempestade perfeita de fatores que fez com que os preços do potássio tivessem esse salto também ameaça o fornecimento desse importante nutriente para a agricultura brasileira em 2022.

É o que alerta o relatório Afinal, por que os fertilizantes estão tão valorizados?, da agência de inteligência de mercado StoneX. Entre os fatores da tempestade perfeita, estão:

  • Sanções econômicas impostas pelos Estados Unidos e União Europeia à Bielorrússia, um dos principais produtores de potássio do mundo, que devem entrar em vigor em breve;
  • Problemas de logística em decorrência da Covid-19 e de desastres naturais como a passagem do Furacão Ida, nos Estados Unidos;
  • Crise energética na Europa e na China, o que faz com que esses países limitem as exportações dos fertilizantes que eles produzem e causa desestabilizações no mercado internacional.

Nesse cenário, a agricultura de precisão se apresenta como uma ferramenta que pode auxiliar o agricultor a otimizar o manejo nutricional e reduzir os custos com a adubação potássica. Mas, como ela pode fazer isso?

O que é a agricultura de precisão?

A agricultura de precisão é uma ciência dentro da chamada agricultura 4.0 ou agricultura digital, que se dedica a estudar e desenvolver sistemas de gerenciamento agrícola que considerem as especificidades de cada ponto dentro de uma propriedade.

De acordo com a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), no material Agricultura de Precisão: Drones:

“A agricultura de precisão utiliza geotecnologias como o Sistema Global de Navegação por Satélite (GNSS), o sensoriamento remoto orbital, o Sistema de Informação Geográfica, o geoprocessamento e a aerofotogrametria para obter, processar e analisar dados e, assim, auxiliar no entendimento das condições ideais para o cultivo das principais culturas agrícolas.”

No Brasil, essa ciência começou a se desenvolver ainda na década de 90, com o uso de máquinas agrícolas com capacidade de fazer o mapeamento das propriedades agrícolas e foi avançando com a evolução da tecnologia.

Mas, como a agricultura de precisão pode ser aplicada para tornar a adubação potássica mais eficiente?

A agricultura de precisão traz conhecimentos que melhoram o manejo agrícola

A aplicação da agricultura de precisão possibilita que o agricultor tenha um conhecimento mais aprofundado e amplo da sua propriedade, possibilitando que ele consiga gerenciar de maneira mais inteligente os diversos processos envolvidos na produção agrícola.

Isso inclui entender os níveis de fertilidade do solo em cada parte da propriedade, o que permite um cálculo mais preciso da quantidade de nutrientes que deve ser fornecida em cada área da propriedade, ao invés de realizar aplicações a taxas uniformes em toda a lavoura.

É o que notam os pesquisadores Rodolfo Bongiovanni e James Lowenberg-DeBoer, no artigo Precision agriculture and sustainability. Nesse estudo, eles também ressaltam que a utilização da agricultura de precisão ajuda a reduzir perdas por excesso de aplicação e desbalanceamento nutricional.

Assim, a agricultura de precisão é uma ferramenta que ajuda o agricultor a se planejar melhor na hora de pensar o manejo nutricional da lavoura, trazendo mais conhecimento das necessidades da lavoura.

 

A agricultura de precisão faz uso da tecnologia para aumentar a rentabilidade da lavoura.

Além disso, em cenários de altas de preços e de escassez de fertilizantes potássicos, esse conhecimento pode auxiliar na hora de planejar as compras de insumos, e também na escolha de fontes que possam ajudar na construção e manutenção da fertilidade do solo, como é o caso das fontes de potássio de liberação gradual.

A agricultura de precisão otimiza os processos agrícolas e ajuda a reduzir custos

Em resumo, a agricultura de precisão é um conjunto de técnicas que pode ser uma ferramenta valiosa para o agricultor, tanto pelo conhecimento que ela traz da lavoura quanto pelos dados que ajudam a realizar o planejamento do manejo nutricional.

E, em momentos de altas de preços e escassez de fertilizantes, ela pode auxiliar o produtor agrícola a se preparar de maneira mais adequada, além de tornar a adubação mais eficiente e otimizada através de escolhas mais assertivas, o que inclui as fontes de potássio utilizadas.

Como A Agricultura De Precisão Pode Reduzir Os Custos De Adubação Potássica Em Épocas De Falta De Fertilizante? - Banner Blog Kforte Desktop

Compartilhe esta publicação