Bananicultor De Uberlândia - Mg Se Surpreende Com Os Resultados Do K Forte® Na Lavoura

Bananicultor de Uberlândia – MG se surpreende com os resultados do K Forte® na lavoura

Osmar Fernandes Peixoto é bananicultor e Presidente do Sindicato de Trabalhadores Rurais em Uberlândia, município de Minas Gerais. Seguindo as recomendações do seu agrônomo, ele começou a usar o K Forte® no manejo nutricional da lavoura e se surpreendeu com os resultados. Descubra como o fertilizante multinutriente da Verde melhorou os níveis de potássio do solo e mais!

Em busca de um fertilizante potássico mais eficiente

Osmar Fernandes Peixoto é bananicultor há mais de 15 anos. Começando com uma lavoura modesta, hoje ele já expandiu a área plantada e também tem buscado melhorias para o processo de produção da sua propriedade.

Para isso, ele contratou um agrônomo que vem prestando assessoria técnica no manejo da lavoura. Foi assim que, em 2019, Osmar Fernandes conheceu o K Forte®.

Os níveis de potássio mostrados na análise de solo após o uso do K Forte® impressionaram tanto Osmar quanto o agrônomo que indicou o fertilizante multinutriente da Verde:

“O aumento do potássio, como você viu aí na análise, foi até uma coisa meio assustadora. Até o próprio Afonso falou: “Gente, vocês não fizeram essa análise errado não? Como que vocês tiraram essa amostra de solo?’”

Mas quais foram os resultados que isso trouxe para a lavoura de Osmar Fernandes Peixoto?

K Forte®: fonte de potássio que nutre a lavoura

Após começar a utilizar o K Forte® no manejo nutricional da lavoura, Osmar Fernandes conta que percebeu uma melhora nos aspectos visuais do bananal.

Mesmo em um ano de estresses abióticos como calor e seca, ele relata que as plantas se mantiveram verdes e com aspecto saudável. E o agrônomo da propriedade confirma as observações de Osmar:

“Então você vê que a cor está bem verde, está bem acentuada. Agora, quem fala que está muito melhor é o Afonso. Ele é que fala: ‘Esse ano é o que a lavoura de vocês está melhor’, em termos de sanidade e essa coisa toda.”

Esses resultados estão ligados à eficiência da nutrição potássica que o K Forte® proporcionou, uma vez que esse nutriente é altamente requerido pela cultura da banana.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por Verde AgriTech (@verdeagritech)

O potássio e o nitrogênio são os nutrientes mais exigidos pela bananeira.

Entre as funções do potássio nos processos de crescimento das plantas, podemos citar:

  • A ativação de enzimas;
  • Síntese proteica;
  • Transporte de substâncias produzidas na fotossíntese no floema;
  • Crescimento celular;
  • Regulação do potencial hídrico das células;
  • Melhoria da qualidade de flores e frutos;
  • Amenização de estresses bióticos e abióticos.

Devido ao alto grau de exigência de potássio pela banana, a deficiência desse nutriente pode trazer consequências sérias para a lavoura, como, por exemplo:

  • Amarelecimento rápido e murcha precoce das folhas;
  • Redução do crescimento da planta e frutos;
  • Maturação irregular do cacho com queda precoce dos frutos;
  • Atraso no aparecimento da inflorescência;
  • Redução da qualidade da polpa.

Assim, a produtividade e a qualidade da lavoura ficam comprometidas, reduzindo a rentabilidade do bananal. Outro ponto em que a nutrição adequada com potássio tem influência na cultura da banana é no pós-colheita, o que também impacta diretamente no retorno financeiro da lavoura.

Assim, com uma fonte de potássio eficiente, o bananicultor consegue ter um melhor aproveitamento do potencial da sua cultura.

Mas, como o K Forte® consegue ser um fertilizante potássico eficiente?

O segredo da eficiência do K Forte® está na matéria-prima

O segredo do K Forte® está em sua produção. O fertilizante multinutriente da Verde é produzido com tecnologias exclusivas e utilizando o Siltito Glauconítico como matéria-prima.

Essa rocha sedimentar é encontrada em São Gotardo, Minas Gerais e, além de ser uma fonte eficiente de potássio, é também rico em um mineral chamado glauconita.

A glauconita é utilizada como fertilizante desde 1760 nos Estados Unidos, graças ao seu potencial de fertilização e de promover melhorias na qualidade do solo, graças à sua estrutura mineralógica.

De acordo com o Dr, John Tedrow, pesquisador da Rutgers, The State University of New Jersey, nos Estados Unidos, no estudo Greensand and Grensand Soils of New Jersey: A Review, a glauconita tem um “microcosmo de microporos”, o que favorece a retenção hídrica.

Os microporos são pequenos espaços entre as partículas da glauconita, que permitem que a água fique retida neles.

Essa estrutura da glauconita permite ainda que ela seja um “mineral coletor”, como destaca o Dr. John Tedrow. Isso quer dizer que ela tem um alto potencial para “adsorver” certos nutrientes do ambiente em que ela está presente.Representação Da Estrutura Física Da Glauconita, Que Permite Que Haja Um Aumento Da Capacidade Da Retenção De Água E Nutrientes (Fonte: Bárbara Hodecker)

Representação da estrutura física da glauconita, que permite que haja um aumento da capacidade da retenção de água e nutrientes.

Graças a essas características, fertilizantes ricos em glauconita, como é o caso do K Forte®, ajudam a melhorar a saúde do solo e otimizar, por exemplo, a adubação com nitrogênio, que também é importante para a cultura da banana.

Assim, os resultados positivos obtidos tanto nas análises de solo quanto no aspecto visual das plantas mesmo em condições de estresses abióticos fizeram com que Osmar Fernandes depositasse sua confiança no fertilizante multinutriente da Verde para a realizar a adubação da lavoura:

“Na hora que ele [o agrônomo da propriedade] falar que tem que jogar de novo, a gente vai correr atrás do K Forte® outra vez.”

Veja o depoimento completo de Osmar Fernandes Peixoto:

 

K Forte®: fertilizante potássico eficiente e que traz bons resultados

A experiência de Osmar Fernandes Peixoto demonstra que o K Forte® é um fertilizante potássico eficiente e que ajuda na construção da fertilidade do solo.

Nutrindo a cultura da banana com potássio de maneira adequada, o K Forte® ajudou a evitar a deficiência desse importante nutriente e também auxiliou a lavoura a lidar com estresses abióticos como calor e seca.

Além disso, diferente de fertilizantes potássicos convencionais, como o Cloreto de Potássio (KCl), o K Forte® é livre de cloro, o que favorece a saúde biológica do solo, reduzindo os malefícios que o excesso desse elemento provoca.

Outra vantagem do K Forte® é que ele melhora a eficiência da adubação com nitrogênio e fornece à lavoura nutrientes importantes, como o silício, o magnésio e o manganês, tornando o manejo mais completo e mais eficaz!

Bananicultor De Uberlândia - Mg Se Surpreende Com Os Resultados Do K Forte® Na Lavoura - Kforte Bannerblog 3

 

 

Compartilhe esta publicação