Agricultor De Jardinópolis - Sp Fala Sobre Os Resultados Do Uso Do K Forte® Na Melhoria Da Produtividade E Longevidade Da Cana-De-Açúcar

Agricultor de Jardinópolis – SP fala sobre os resultados do uso do K Forte® na melhoria da produtividade e longevidade da cana-de-açúcar

Antônio Carlos Figueiredo Filho é produtor de cana-de-açúcar no município de Jardinópolis, em São Paulo. Em busca de meios para melhorar a produtividade e a longevidade do canavial, ele e sua família começaram a procurar maneiras de tornar o manejo mais eficiente. Assim, ele conheceu o K Forte®. Descubra quais são os resultados que o fertilizante multinutriente da Verde Agritech trouxe para a lavoura de Antônio Carlos!

Melhorando o manejo para melhorar a produtividade e a longevidade do canavial

A agricultura é uma atividade familiar para Antônio Carlos Figueiredo Filho: juntamente com seu pai e sua irmã, ele cultiva cana-de-açúcar em sua propriedade, no município de Jardinópolis, em São Paulo.

Desde 2018, Antônio Carlos e sua família resolveram investir na melhoria da produtividade e da longevidade do canavial.

Seguindo a Lei de Liebig, ou Lei dos Mínimos, eles identificaram os fatores limitantes da produção e trabalharam para melhorar o manejo, corrigindo por exemplo os níveis de fósforo e magnésio do solo.

Entretanto, mesmo identificando e tentando corrigir os níveis de potássio do solo através de análises e do tratamento convencional com o Cloreto de Potássio (KCl), eles ainda estavam notando sintomas de deficiência de potássio ao final do ciclo da cana.

Sintomas estes que não eram eliminados mesmo com o aumento da quantidade de Cloreto de Potássio aplicado. Foi então que eles conheceram o K Forte® e, com a utilização do fertilizante do multinutriente da Verde Agritech, começaram a ver resultados positivos:

“E depois que a gente começou (a usar o K Forte®), ainda que a gente tenha reduzido o Cloreto de Potássio, nós começamos a perceber que a gente ainda tinha um teor de potássio solúvel maior. E isso indicou uma relação grande do potássio estrutural do K Forte® com o teor disponível para a planta.”

Mas, como o K Forte® trouxe essa melhoria nos níveis de potássio do solo? E quais foram os outros bons resultados que o fertilizante ajudou a proporcionar para o canavial de Antônio Carlos?

K Forte®: fonte de potássio eficiente e de liberação gradual

O K Forte® é produzido a partir de uma matéria-prima nacional rica em glauconita. Graças a isso, ele é um fertilizante que é eficiente na disponibilização de potássio para as plantas.

Isso é muito relevante para a cultura da cana-de-açúcar, já que o potássio está entre os três nutrientes mais requeridos por ela. Entre as principais funções exercidas pelo potássio na cana, podemos citar:

  • Aumento da resistência das plantas à seca, geada e outros estresses;
  • Aumento do teor de carboidratos, óleos, lipídeos e proteínas;
  • Promoção do armazenamento de açúcares e amido;
  • Auxílio no processo de fixação do nitrogênio;
  • Estímulo da vegetação e do perfilhamento;
  • Regulação da utilização da água.

Essa importância do potássio para a cana e a eficiência do K Forte® em nutrir o solo são corroboradas pela percepção que Antônio Carlos teve ao utilizar o fertilizante multinutriente da Verde Agritech:

“A gente passou a ter uma percepção de que a cana ainda tinha vigor, que ela tinha condições de crescer mais, chegando perto da data de corte da cana. Então nós estamos já para o terceiro ano, isso obviamente coincidiu com um aumento de produtividade. Estamos indo para o terceiro ano que a gente usa o K Forte®.”

Uma característica que diferencia o K Forte® dos fertilizantes convencionais, como o Cloreto de Potássio, é que ele tem a liberação gradual dos seus nutrientes.

Assim, ele fica menos sujeito à lixiviação e tem um efeito residual duradouro, o que ajuda a construir e manter a fertilidade do solo. Em culturas de ciclo longo, como o da cana-de-açúcar, isso é muito vantajoso, já que as plantas terão o potássio disponibilizado de forma constante ao longo de todo o ciclo.

Estudos já têm demonstrado a viabilidade do uso dessas fontes de liberação gradual na agricultura. Isso porque as plantas também podem utilizar o potássio de outros reservatórios do solo, além do potássio da solução e do potássio trocável.

É o que explicam os Michael J. Bell e outros pesquisadores no capítulo Using Soil Tests to Evaluate Plant Availability of Potassium in Soils, do livro Improving Potassium Recommendations for Agricultural Crops:

“No entanto, quando o K adequado precisa ser fornecido ao longo de períodos de tempo mais longos (como ocorre com a remoção repetida de biomassa no cultivo de forragem, ou perenes, ou culturas de alta demanda de K de biomassa, como a cana-de-açúcar), há muitos solos a partir dos quais as plantas são capazes de extrair mais do que o reservatório de K inicialmente trocável.”

Assim, os autores chamam a atenção para a necessidade de expandir a compreensão do potássio no solo, bem como avaliar o método de análise adequado para cada situação.Uma Visão Mais Ampliada Do Ciclo Do Potássio No Solo

Uma visão mais ampliada do ciclo do potássio no solo. (Fonte: Bell et al., 2021)

Além disso, o K Forte® também é um fertilizante livre de cloro, o que beneficia as plantas e o solo, uma vez que o excesso desse micronutriente pode trazer consequências como o aumento da salinidade, da compactação e sintomas de fitotoxidez nas plantas.

Mas, além disso, o fertilizante multinutriente da Verde Agritech trouxe outros benefícios para a lavoura de Antônio Carlos.

O K Forte® é um fertilizante multinutriente, assim como o BAKS®, o que otimiza o manejo

Além do potássio, o K Forte® é uma fonte eficiente de magnésio, manganês e silício. Assim, o manejo se torna mais completo e otimizado, já que o magnésio é um macronutriente secundário e o manganês um micronutriente essencial para as plantas.

Já o silício é um elemento que tem grande importância para a fisiologia vegetal e há discussões sobre ele também ser um nutriente essencial.

Ainda assim, ele é considerado um elemento benéfico, já que ele favorece o aumento da resistência das plantas a estresses abióticos, como geadas e secas, e também a pragas e doenças.

Isso pode ter ajudado na recuperação do canavial de Antônio Carlos Figueiredo Filho, que relata que mesmo enfrentando secas e geadas em 2021, a sua lavoura se reestabeleceu de maneira satisfatória, principalmente em comparação com o canavial dos vizinhos.

Antônio Carlos também conta que ele começou a utilizar outro fertilizante da Verde Agritech, o BAKS®, para fazer o manejo do enxofre na sua propriedade:

“O ano passado nós usamos o BAKS®, que também foi bom pra gente, porque nós pudemos eliminar uma aplicação de gesso para incluir aí a aplicação do BAKS®. Então isso não alterou as nossas operações, não onerou muito e estamos muito satisfeitos.”

O BAKS® é um fertilizante mulitnutriente que pode fornecer, além do potássio, do manganês e do silício, o enxofre e o boro em uma única aplicação. Ele tem opções de personalização diferentes que podem atender necessidades de diversas culturas, otimizando assim o manejo da lavoura.

Assim, satisfeito com os fertilizantes da Verde Agritech, Antônio Carlos conta que pretende substituir todo o Cloreto de Potássio utilizado na adubação da sua lavoura:

“Está muito nítido pra gente que esse potássio do K Forte® fica disponível. E a partir do próximo ano que a gente, com base nesses resultados, no que nós estamos observando, nós vamos fazer o teste de eliminar o Cloreto de Potássio totalmente e fazer toda a necessidade potássica através do K Forte®.”

Veja o depoimento completo de Antônio Carlos Figueiredo Filho no vídeo:

 

Os fertilizantes da Verde Agritech ajudam a melhorar o manejo agrícola

A experiência de Antônio Carlos Figueiredo Filho mostra que o K Forte® é uma fonte de potássio eficiente e livre de cloro, além de também fornecer ao solo magnésio, manganês e silício.

Graças à sua matéria-prima, o K Forte® tem liberação gradual dos nutrientes, ajudando assim na construção e manutenção da fertilidade do solo.

Já o BAKS® é um fertilizante multinutriente que pode fornecer, além do potássio, manganês e silício, o enxofre e o boro em uma única aplicação. Assim, o manejo da lavoura é otimizado e o agricultor pode ter mais rentabilidade e produtividade!Agricultor De Jardinópolis - Sp Fala Sobre Os Resultados Do Uso Do K Forte® Na Melhoria Da Produtividade E Longevidade Da Cana-De-Açúcar - Kforte Bannerblog

Compartilhe esta publicação